domingo, janeiro 27, 2008

Zeitgeist (2007)

"Zeitgeist" é um polémico documentário amador ramificado em três partes distintas. O título surge de um termo alemão que significa "Espírito do Tempo", e que é atribuído segundo alguns dos maiores filósofos alemães ao avanço intelectual e cultural do mundo, numa determinada época. Realizado, produzido e escrito pelo anónimo Peter Joseph, "Zeitgeist" foi lançado pela primeira vez no serviço Google Video, em Junho de 2007, tornando-se em poucas semanas o filme mais visto de sempre alojado nos servidores da Google (8 Milhões no final de Novembro, sendo que foi retirada desde dessa altura o contador, ninguém sabe bem porquê). Tal fama levou a que Peter Joseph fosse convidado pelos responsáveis do "4th Annual Artivist Film Festival & Artivist Awards" a apresentar a sua controversa obra caseira ao circuito cinematográfico.

Temos então uma primeira parte intitulada "The Greatest Story Ever Told". Esta investiga e analisa aquela que o autor considera ser a maior encenação da história da humanidade: a existência de um Cristo e as religiões em si. Defende o realizador que Jesus é um figura híbrida astrológica, mitológica e literária, baseada numa lenda criada por uma civilização bastante anterior ao "ano 0" e que, desde essa altura, foi adaptada e remodelada consoante a época e as necessidades de controlo social dos mais diversos povos.

Depois deste embate de factos e pesquisas sociais, somos bombardeados com uma fase intermédia que defende aquela que é a conspiração rainha deste novo milénio: os atentados terroristas do 11 de Setembro, numa peça denominada "All the World is a Stage". Entre demolições controladas, aviões invisíveis e declarações de seguranças que viram as cassetes de vigilância antes de elas serem todas confiscadas pelo FBI, temos aqui um complemento interessante ao mais do que célebre "9/11: Loose Changes".

Para terminar, uma abordagem arriscada e refrescante à dominação mundial por parte dos sistemas bancários impostos nas sociedades modernas, com especial destaque para os Estados Unidos, com uma conspiração bem montada que envolve a Reserva Federal, a família Rockefeller, duas Guerras Mundiais, o Iraque, o Vietname e até a Venezuela. Este capítulo denomina-se "Don't Mind The Men Behind The Curtain" e serve de machadada final à teoria que Peter Joseph apresenta no ínicio de "Zeitgeist": somos umas marionetas neste mundo e não nos importamos com isso.

Independentemente do nosso julgamento perante o que nos foi impingido durante cerca de duas horas, é de louvar o trabalho técnico, artístico e de pesquisa efectuado por alguém como Peter Joseph, sem meios aparentes de divulgação ou controlo mediático. E nem sempre é preciso acreditar na mensagem para elogiar o trabalho do mensageiro. E é bom que se tenha em consideração que obras como "1984", "Brave New World" ou "V for Vendetta", consideradas utópicas nas suas épocas, são hoje bases dogmáticas da realidade que nos envolve. Será que alguém ainda acredita que não é escravo da Religião, do Terror e do Dinheiro?

Vídeo Online Legendado em Português: Google Videos
Site Oficial com Links para Download:
ZeitgeistMovie.Com

145 comentários:

Luís disse...

parece-me bem promissor. é sempre de louvar o esforço destes projectos anti-establisment

Knoxville disse...

Definitivamente. Mesmo que não "compres" o que te é "vendido" na obra, aprenderás sempre qualquer coisa de novo. Entre as conspirações, existem muitos e muitos factos irrevogáveis. Um abraço Luís.

Diego Souza disse...

Alguém sabe onde posso baixar a legenda direitinha em Português? Muito obrigado!

Knoxville disse...

Diego, no site Legendasdivx. Cumprimentos.

Filipe Garcia disse...

Poxa, é estranho ver toda essa gente dando crédito a esse filme que nada mais é do que uma colcha de retalhos composta por falácias e teorias paranóicas.

O que causa maior espanto é constatar que até mesmo aqueles que aparentam maior esclarecimento têm acreditado no papo furado de um proto-documentário que defende premissas baseadas em idéias desatualizadas e refutadas já no início do século passado.

Ora, insistir na idéia de que Jesus é um mito e dizer que ele nunca existiu como o filme faz é uma atitude risível. Além dos 27 documentos que compõem o Novo Testamento, existem 39 documentos externos à Bíblia que mencionam Jesus e sua vida terrena. Estas fontes incluem: o Talmude judaico; o Didaquê; historiadores romanos, gregos e judeus; os evangelhos apócrifos (por exemplo, o evangelho de Tomé); etc. Essas fontes extra-bíblicas revelam-nos mais de 100 fatos sobre sua vida, seus ensinos, morte e ressurreição. A Enciclopédia Britânica, edição XV, dedica 20000 palavras à pessoa de Jesus Cristo e em nenhum momento sugere que ele não tenha existido. Como se isso não bastasse, existem mais de cinco mil manuscritos do Novo Testamento, o que o torna o mais bem-documentado dos escritos antigos.

Para vocês terem uma idéia do quanto à existência de Cristo é rica em suas fontes, foram analisadas analogamente as biografias de Alexandre Magno e as de Jesus Cristo. As duas biografias mais antigas sobre a vida de Alexandre foram escritas por Adriano e Plutarco depois de mais de 400 anos da morte de Alexandre, ocorrida em 323 AC e mesmo assim os historiadores as consideram muito confiáveis. Para a maioria dos historiadores, nos primeiros 500 anos, a história de Alexandre ficou quase intacta. Portanto, comparativamente, é insignificante saber que os evangelhos foram escritos 60 ou 30 anos (isso no máximo) depois da morte de Jesus e esse tempo seria insuficiente para se mitificar um indivíduo.

No mais, o filme se auto-refuta. Querem um exemplo? A alegação do filme de que o cristianismo tenha emprestado ou roubado a idéia dos "três reis-magos" de religiões antigas é ridícula. Os três reis-magos apareceram e aparecem ocasionalmente em cartões de natal produzidos sem nenhuma pesquisa, mas não aparecem em nenhum lugar na Bíblia. No livro do evangelho segundo Mateus simplesmente está escrito "Tendo Jesus nascido em Belém da Judéia, em dias do rei Herodes, eis que vieram uns magos do Oriente a Jerusalém." (Mat. 2:1). Os magos eram conhecidos como homens sábios e não como reis. Durante a Idade Média, surgir a lenda de que os magos foram reis e de que estavam em três, mas isso é pura lenda e não algo ensinado nas Escrituras. O ataque precipitado e enganoso do filme contra a credibilidade do Evangelho apenas revela a falta de credibilidade que possuem seus produtores quando se trata de pesquisa acadêmica.

Não se deixem enganar pelo Zeitgeist! Aquilo é uma bobagem enorme e eu nem preciso abordar o assunto de uma perspectiva Política e Economica para provar isso.

Knoxville disse...

Caro Filipe,

Tal como disse na análise, "Independentemente do nosso julgamento perante o que nos foi impingido durante cerca de duas horas, é de louvar o trabalho técnico, artístico e de pesquisa efectuado por alguém como Peter Joseph, sem meios aparentes de divulgação ou controlo mediático. E nem sempre é preciso acreditar na mensagem para elogiar o trabalho do mensageiro.".

Essa é uma das razões pela qual este documentário passou por cá sem classificação sequer. De resto, é sempre bom aprender mais. E aprendi com o seu comentário.

Cumprimentos ;)

Miguel Angelo disse...

Para Filipe:
Não adianta. Agora que tudo está a ser desmascarado, pode tentar o que quiser com História e falsa História. É óbvio que Horus, Mitra, Krishna ou Jesus e muitos outros nunca existiram realmente. São representações mitológicas, baseadas na natureza e seus ciclos, para tentarem controlar e regular uma sociedade, um povo. Agora, em 2008, podemos ser mais espertos que isso.

Knoxville disse...

Keep it cool Budies ;)

Anónimo disse...

Felipe Garcia, O pior cego � aquele que n�o quer ver.
O fato de J.Cristo ser ou n�o um mito � irrelevante. O assunto principal do filme e levantar a quest�o sobre os rumos tomados pela nossa sociedade. O certo � que realmente as Religi�es s�o o �pio do povo.

Anónimo disse...

Nota dez.
Devemos sim comecar a raciocinar e questionar as questoes como religioes, existencia de Deus. Os seres humanos devem iniciar uma nova Revolucao nos conceitos de vida impostos até hoje, começar a serem responsaveis por si mesmos ao invez de passar a responsabilidades a um Deus ou filho deste.
Precisamos iniciar uma nova era de luz e RAZAO.

Ps. foram eliminadas as acentuacoes.

Knoxville disse...

Caro anónimo, grato pela visita e pela participação. Cumprimentos, volte mais vezes ;)

Anónimo disse...

Sóbrio, chocante, corajoso, enfim, seriam vários os adjetivos deste explêndido trabalho sem finalidade lucrativa alguma, apenas a vontade de tirar o "grosso véu" que encobre nossas vistas.
Por ser um curioso específico da política econômica mundial e principalmente as consequências desta sobre o Oriente Médio, já tinha em mente a impossibilidade de meus conterrâneos árabes terem executado o 11/09, porém encontrar as provas irrefutáveis assim, em um documentário que monta todo o quebra cabeça, o inverso da "colcha de retalhos" insinuada pelo astronauta Felipe, foi um momento único.
Divulguemos este longa e torçamos pelo esclarecimento da humanidade.
Por fim, a dita sociedade secreta deveria ter sido nomeada, pois claro está que os bastidores de todo o mal é o SIONISMO.
Abraço e paz a todos.

Knoxville disse...

Como moderador, que este espaço sirva para uma discussão saudável sobre o documentário e os assuntos inerentes. Cumprimentos Anónimo, obrigado pela participação.

Anónimo disse...

Assisti apenas uma vez, precisa-se assistir muitas pra pegar bem os detalhes. Parabéns aos autores que deveriam divulgar mais esta obra. Informação nunca é muita, bobagem sem fundamento já temos demais!
É o único caminho.... estar receptivo, pre disposto a mudar de opinião e não cristalizado, cristianizado (ops). Pode até ter existido, mas não foi o único, o salvador, tanto que não salvou e nem vai, c ficar-mos dependendo dele (falando - se Deus quiser, - Deus me livre, -vá com Deus) que tal assumir sua vida meu amigo, sem medo de errar, mas procurando acertar.
Bom o filme é ótimo e estamo mais fudidos( sorry) que eu pensava, mas a nossa graça é a net...isto fará a diferenã...já faz! não há mais inquisição (explicita)não tem mais onipotente (só na cabeça de uns reduzidos intelectos e medrosos) e vc faz o favor de ser onipresente....vamos por aí! bota pra rodar o bicho..nas escolas... para os seus filhos...de de presente o um dvd baixado aos amigos! faça a sua parte! estou fazendo a minha... vou divulga-lo! |Mas sempre lembrando que é informação a ser incorporada e cada um coma sua conclusão, nada de pregação....Basta disto! Abrçs Giancarlo

Anónimo disse...

Não acredito piamento em tudo o que filme possa dizer, mas posso falar dakilo k assisti com os meus olhos, ou seja, as torres, e toda gente sabe que uma torre nao cai assim, sempre tive receio de afirmar as minhas convicçoes acerca do 11-9, mas finalmente alguem fez um trabalho que as veio corroborar,
Parabéns ao autor =)

Marcelo disse...

Caros amigos, havia muito eu não assistia um documentário tão impressionante. Percebi o quão alienado ( e olha que eu não me considerava nada nada alienado !!!!).
Espero que se dissemine com rapidêz pois a dominação não perde tempo. Cada vez mais nos encaminhamos para a dominação eletrônica e, o risco da sociedade se dividir em "conectados" e não-conectados", está aumentando vertiginosamente! Das senhas numéricas e celulares aos sensores biométricos em bancos e chips implantados não tardará muito.
Ainda estou passando pelo período de "choque pós-trauma" depois de ter visto o documentário. Não tenho ainda palavras ou argumentos suficientes para definí-lo, além do "Espetacular".
Para o amigo "conterrâneo árabe" me parece que ainda não percebeu que essa "divisão" é uma dos motivos da existência de tal documentário. Por quê a "sociedade secreta" não poderia ser a maçonaria, o KKK ou qualquer outra (e a propósito por quê "Anonimo"!??!) !?!?! Essa bipolaridade árabe-judeu é ingrata e já cansou, amigo !!! Canta outra música !
Para os interessados, enviem email com endereço para meu email que faço questão de enviar o documentário em DVD.
"Tríplice e fraternal" abraço a todos.
Marcelo Machado
machado655@hotmail.com
Para os

COTA disse...

T.´.f.´.a.´. pra você também caro ir.´.
Acredito piamente em tudo que está naquele documentário, em cada frase, e mais... acho que não sabemos de 1% da verdade que pairou neste mundo...pelo que pudemos perceber o autor cita a America Latina apenas uma vez, para falar do senhor Hugo Chavez, que será o próximo alvo do nosso amigo Bush... enfim...a América latina é lixo pro resto do mundo, e quando o restante do plano dos bacanas for posto em prática, seremos apenas um detalhe... ainda bem que vou morrer um dia!

Ps.

1 - É lógico que não existe "d"eus nenhum, que porra de "d"eus aceitaria essas merdas que acontecem todos os dias???

2 - A TV só fode com a nossa cabeça! Cortei as minhas relações com ela...rsrsrs

J disse...

Bom dia a todos! :o)

De fato, um vídeo bem interessante, e independente de ser 100% verídico,vale por nos sacudir e nos pôr em uma zona instável, proprícia à reflexão. Sair desse estado de anestesia...

Li todos os comentários e respeito todos também; o que fez lembrar-me da seguinte frase (mais ou menos assim) "os homens morrem, mas a idéia/ideologia prevalece"...

Fazemos, compomos SOMOS esse mundo, sim há parcialidade e manipulação.. Buscamos mesmo que numa força de formiguinha, estar atentos não é?! sim... é difícil... e quase ingênuo, mas não desistimos não devemos nos limitar a ser classificados/rotulados e resumidos a brasileiros, branco, azul.. somos seres humanos e definitivamente "estamos no mesmo barco".

Enfim, seria interessante conversar com todos sobre o filme, e claro tem muitas outras colocações, mas o que mais me impeliu a escrever foi a segunda parte de Zeitgeist...
Há pessoas que não são 'religiosas' (da forma como entendemos) mas são pessoas íntegras, de caráter, idôneas...e outras que frequentam seus templos e não conseguem ser coerentes com o que pregam..

Então, acredito(e decido assim o fazer, mesmo sendo essa questão da "escolha" algo sujeito a discussão na nossa história..) que evoluir como pessoa é o grande objetivo da vida. Tecnologicamente estamos "evoluindo" ok, mas a que preço?! e a atenção para com o "outro"?! a sensibiliade com nossa 'mãe-terra'? nossa percepção?! a subutilização dos nossos sentidos...
não aprofundamos no ser, e a superficialidade vai nos amortecendo... anestesiando... alienando...
Krishna, Jesus, Buda, deuses... se não exisitiram... uau! quem será que os criou?!! Pois eu agradeço por isso! São exemplos de humanidade, de um refinamento do ser.. e inspiradores!!!

Enfim queridos colegas, começo a falar e talvez dê uma divagada, até porque alguns conceitos que para um signifique algo para outro tem outra carga... por mais que tentemos as vezes não conseguimos mesmo nos comunicar não é?! rs, mas esse espaço é rico e interessante, e vi em todos você pessoas que buscam também "acordar"..rsrs
Muito obrigada a todos!
J.

Anónimo disse...

Bom Dia!
Vou tentar ser claro e objetivo, primeiro, dizer que este video foi feito de forma amadoar e por uma pessoa é irreal, isto foi feito por uma equipe com material, e equipamentos de estudio. Segundo, sem fins lucrativos é de extranhar, alguem esta ganhando algo com isto, nao cabe a mim propor o que ou quem.
Quanto a parte religiosa (Cristo), o que tenho a dizer é que, sim ele existiu, mas nao da forma como esta na Biblia, pois aquilo foi definido pelo Concilio de Niceia, sob o julgo do Imperador Constantino (que "converteu-se" ao cristianismo por interreses), onde definiram (impuseram) o que era o "Cristianismo" e metade do que acreditamos hoje foi imposto por eles (25 dezembro, manjedoura, etc) para assemelhar o Cristo a outras divindades e aumentar o Nro de seguidores, e pos tb alguuns dogmas para dar mais poder a ele mesmo e os seus (confissao, etc), por essas e outras temos os livros apócrifos e outros nao aceitos, pois sao contra o que foi imposto.
e caso alguem tenha curiosidade de folhear uma Biblia católica, evangelica, evangelica Brasileira( IURE) e a Ortodoxa, vai perceber discrepancias absurdas entre elas, chegando ao ponto de nao ser o mesmo livro.

e a COTA, leia: O Livro dos espiritos ou O Evangelho segundo o Espiritismo, ali talvez vc compreenderá o real sentido da existencia, (espero) que nao é a mediocridade de nascer/procriar/morrer (coisa que bacteria e planta faz).

Lamentavelmente, os religiosos sempre se curvaram ao poder (conivencia/medo/interesse), em todas as religioes que tenho conhecimento.

Carlos Soltim

Luis disse...

Olá Pessoal! O mais importante que o filme tem a passar pra todos que assistem, é sem dúvida a alienação da sociedade como um todo. Isso é muito importante, no mundo atual em que vivemos carregados de propagandas que fazem pensar que o produto que ela vende é necessário pra vc. Precisamos de um grande despertar e acredito que o primeiro passo foi dado com esse filme. Precisamos agora nos organizar, debater e discutir comportamentos sociais que ainda são um problema para o mundo mas que nós já detectamos. Vamos usar o canal de comunicação (+) democrático que temos hoje para expor nossas novas têndencias: a internet. vale lembrar que apesar do filme levar pelo lado pejorativo a implementaçao de chips, acredito que realmente haverá uma fusão do bioógico com o digital, como própria evolução do ser humano. Pórem este caminho deve ser orientado pela Ética como forma reguladora dessa fusão. Para compreender melhor o que digo, veja o Filme Waking Life, no segundo diálogo do personagem principal com um cientista biólogo. Apesar de muita informação fica clara a ídeia. Abraços (LUIX)

Anónimo disse...

AMADOR????
Peter Joseph fez o documentário não de forma amador. Ele pode não ter tido todos os recursos da warner bros studios, mas ganhou o prêmio de melhor documentário no festival de filme artístico de hollywood em 2007, prova de que não é amador, mas um documentário sério e profissional, com o caráter informativo de documentário. Triste de ver um blogger que se acha um crítico de cinema degradar o trabalho dos outros desse jeito.

Knoxville disse...

Caro Anónimo,

Sabe o significado da palavra Amador? Do termo Amadorismo? Não tem absolutamente nada de depreciativo.

Degradar o trabalho de outros? Leu o que escrevi sobre o documentário? Dos méritos que lhe atribuí?

Enfim...

Anónimo disse...

Parabéns Knoxville!!! vc tem sido imparcial neste trabalho. Trata-se de um profissional sério. Assisti à primeira parte do filme mas não concordo com o autor. Porém, trata-se de um filme importante para a humanidade, pois, como se ensina na Teoria do Conhecimento - matéria ensinada na faculdade de Filosofia -, deve-se haver um confronte de idéias, argumentos ou óticas diferentes para se alçançar a verdade mais crível. Afinal, este muito está cheio de verdades por aí. Vlw, Knox !!!

Knoxville disse...

Grato pelas simpáticas palavras. Cumprimentos ;)

Luiz disse...

Sinceramente, eu acho que esse documentario faz uma pausa e obriga-nos a refletir a natureza de nossa especie. Sinceramente nao acho que esse documentario possa divergir os rumos do homem. Somos movidos pelo dinheiro. Somos governados pelo interesse. Nosso avanco tecnologico eh simplesmente consequencia de um avanco na tecnologia da guerra. Acho louvavel a exposicao da nossa propria existencia de maneira tao chocante e aterradora. Nao culpemos os governantes ou a elite aristocratica por nossa aliencao. Somos sim sedentos por entretenimento, diversao e conforto, poucos sao os que alimentam o intelecto. E esses poucos muitas vezes sao chamados de loucos em nossa moderna sociedade.

Anónimo disse...

Apesar de alguns exageros e do inevitável caráter midiático, o filme é interessante por afirmar coisas que muitos racionalistas gostariam de dizer, mas que não o fazem talvez por respeito à massa cristã. Temos também que entender que a revelação sobre a não existência “real” de um mito não o destrói, uma vez que o mito transcende o “real”. Ou seja, se o Jesus histórico não existiu como tal (é o que penso), o Jesus mítico existe e existirá por muito tempo. Os argumentos do filme criam uma linha de pensamento que permite uma reflexão antropológica sobre os mitos universais.
Gostaria muito que os autores investissem na explicação do mito kardecista, que na verdade é a adaptação dos preceitos positivistas e pseudo-científicos (tão em moda no fim do século XIX) ao imaginário cristão. Dentro da lógica exposta pelo filme, o kardecismo seria um passo a mais nas construções das narrativas míticas (e, claro, controladoras e conservadoras) universais. Isso só não ocorrerá porque o kardecismo não tem na Europa e EUA a repercussão que tem por aqui. Mas que seria esclarecedor, seria.
Parabéns ao blog e seus participantes pela lucidez e respeito com que estão encaminhando essa discussão.

Filipe Paiva disse...

Quem considera que o Zeitgeist é mentira ou treta...ui que mente têm!
Não há uma UNICA MENTIRA em todo o documentário...e se doi ver a verdade, então continuem ignorantes e a adorar quem não existe...
É tempo de abrir os olhos...vejam que quem está atrás da cortina não quer saber da minha nem da vossa familia...e tudo fará para conseguir os seus objectivos, nem que tenham que passar por cima dos vossos pais e familiares...
Abram os olhos...a realidade é cruel, mas cabe a nós mudar o rumo!
Hoje em dia os cães têm chip...e se assim continuar os vossos filhos terão um igualzinho ao do bobi e do tareco...
Vergonha!
O povo unido jamais será vencido...

RengaW disse...

Eu só gostaria de deixar meus sentimentos aqui registrados, acho esse documentário um divisor de águas e uma luz ao mundo assim como tantos consideram a Bíblia, pois eu era uma pessoa religiosa que sempre ia a igreja porque eu acreditava que lá eu encontraria felicidade e a solução para meus problemas, porém a alguns anos atraz comecei a notar por mim próprio que muitas lacunas se formavam, porque na religião onde não se explica utilizam a palavra “Fé” para explicar, e o que é pior que pela fé tenta-se fazer com que coisas provadas pela ciência que é exata e constatada se transformarem em mentiras, além do mais por si só você no fundo quando ouve ou lê algo você sabe no fundo que isso é verdadeiro ou é falso mas muitas vezes você se deixa se levar pelo que é mais conveniente acreditar, sinceramente seria mais fácil acreditar em um Deus que pode nos salvar ou nos dar esperança após a morte, seria mais aconchegante e feliz, mas como diz a frase “somente o conhecimento pode te libertar”, o conhecimento nos liberta da dúvida, da incerteza, da ignorância, do erro. Eu digo a todos os religiosos que procure outras fontes de conhecimento e medite sobre o que você está recebendo em seu conhecimento sempre questione e duvide, porque com certeza no fundo do seu coração vai começar a desperta a consciência do que é verdade e do que é mentira. As vezes me pergunto se é melhor viver na dura realidade porém com a verdade na sua cara ou viver enganado com a doce mentira na sua testa. Eu sei que é triste pensar que eu vou morrer e não vai existir nada, além disso, claro que digo com relação ao espírito, pois sua matéria sempre existira em outros seres que vão te comer debaixo da terra, olha como é triste só em falar isso, agora para quem se despertou para a realidade só resta viver intensamente o tempo de vida que temos nessa forma física e consciente.

Grande Lua Branca disse...

Um amigo disse outro dia na escola onde trabalhoi:

-"Felicidade é ignorância e saúde!"

Alí, na hora, achei raso demais, mas parando pra pensar cheguei à conclusão de que o cara estava coberto de razão!

Vejam só: não seríamos todos mais felizes se vivessemos alheios às verdades que habitam os subsolos da sociedade? Se a coisa toda fosse só comer, beber, dormir, transar... e todos tivessem saúde perfeita pra fazer tudo isso, o mundo seria o verdadeiro Éden!

Mas não... temos a msldita mania de pensar, questionar, estudar, tentar compreender e, o que é pior, agir para "melhorar" (sim, entre aspas, visto que este melhor é apenas questão de ponto de vista) nosso entorno.

Bah... eu sabia, desde que ví o filme pela primeira vez, que a parte mais polêmica do documentário seria a que mexe na religião, este ópio sagrado e consagrado... não se mexe impunemente com as crenças interiores de cada um pois, por vezes, elas são a única coisa que uma criatura tem para se agarrar à sanidade e à vida.

Criamos Deus à nossa imagem e semelhança e nos sentimos felizes com o conforto que isso nos trás... e manter intocada esta convicção é questão de sobrevivência para muitos.

(Não, não desacredito... eu creio num Deus, mas ele é outro, mais amplo, irrestrito; ele não cabe em templos de pedra nem precisa de arautos de suas palavras; ele mora dentro de mim, de você, de tudo aquilo que É; faz-me ser quem Eu Sou e manifesta-se a nós através de seu conjunto de leis (impostas desde sempre a esta esfera que habitamos).

Mas deixemos as bobagens quase metafísicas de lado pra celebrar: o documentário é ótimo, desperta para a reflexão, denucia o quanto vivemos imersos na mentalidade de rebanho dócil, ignorante e manipulável, alertando para a necessidade de acordarmos para tomar nas mãos, na medida do possível, as rédeas do nosso querer.

Torço muito para que haja mais e mais iniciativas destas, para que apareçam mais trabalhos assim corajosos, urgentes e originais...

E torço também para que haja, em algum lugar, um jeito de eu conseguir uma cópia melhor do que a que eu tenho porque quero compartilhar com muuuuita gente ainda as discussãos que este trabalho propicia (se alguém souber, por favor dê um toque!)

Enfim... DEZ... o cara sacou muito bem e trabalhou legal. Quem bom que existe gente assim por aí, com idealismo e coragem suficientes para dar a cara a tapa na tentativa de acordar os mortos.

...

Justino disse...

Boas a todos.

Tambem vi o documetário, e de facto admito que abalou muitas "verdades" que eu tinha como certas.

Quanto á segunda e terceira partes, corroboro quase totalmente, pois é um facto que o dinheiro move o mundo hoje em dia.

Relativamente à existencia de cristo, acredito na sua existencia, assim como outros deuses sao acreditados por outras pessoas (nao desacreditados por mim entenda-se). Considero no entanto, que a religiao foi manipulada de modo a conferir a alguns o poder sobre a sociedade, cujo auje foi atingido durante a idade media.

Quero deixar uma prespectiva referente às mensagens de cristo, e as suas parabolas e conselhos. Comparem com os ensinamentos de outras religioes (ideias basicas e nao os fanatismos) e também ja agora, com a mensagem final do documentário. Verão que a mensagem é a mesma!

Cristo existiu e espalhou a mensagem transmitida tambem no final do documentário, mas os homens transformaram a fé de muitos numa poderosa instituição que nao serve na plenitude as necessidades espirituais da humanidade.

Portanto meus caros, vejam a mensagem que se transmite, por todos os "deuses", por este documentário e etc...

Amor em vez de odio, medo, intolerancia, divisao. Este documentário vem desmascarar as principais ferramentas usadas para dividir a humanidade, criar odio entre nações, povos, etc... digo usadas porque interessa a muitos que assim seja.

É isso que as pessoas tem que reter deste documentário! Procurar a verdade e entender o que não compreendemos! É mais facil descriminar e odiar a diferença, do que aceita-la e entender o "porquê".

Cumps a todos, e desculpem qualquer erro ortográfico! hehe

Alexandre Plaza disse...

Deveriam tirar a primeira parte, os mais religiosos vão deixar de ver a 2 e 3 parte que são muito mais importantes

uma pena !

har har har

Flying Dutchman disse...

Ainda estou a "ressacar" deste documentário...

Estou grato por ter visto este documentário, sinto que me deu uma certa imunidade as mentiras tao bem divulgadas pelos diversos orgaos de comunicaçao a nivel global. Estou mais grato ainda por ter visto o documentario agora, e nao daqui a dez anos, depois de (provavelmente) me ter deixado deslumbrar pela tecnologia do chip escondido no meu antebraço que controla e documenta tudo o que faço.
Poderia continuar a falar sobre este documentario por mais umas centenas de palavras, mas simplesmente deixo os meus parabens ao autor por ter retratado tao bem estes temas!

Obrigado Knoxville por este optimo conselho, já nao é a primeira vez que o teu blog é responsavel por este tipo de inspiraçao e orinetaçao para mim! (interstate 60, etc...)
Que grande espaço virtual que tu tens aqui! espero que nao sigas a moda de muitos blogues que andam a fechar, o CN é aquele sitio obrigatorio na net!!

Knoxville disse...

Dutch ;) Fico feliz por ter sugerido algo que acabaste por gostar. Era bom que fosse sempre assim. Fechar, creio que nunca o farei, o que pode acontecer é ficar alguns dias sem o actualizar, como tem acontecido recentemente - ao contrário de antigamente, que cheguei a ficar ano e meio sem falhar uma actualização diária. Mas é a vida. Farei sempre o meu melhor.

Um grande abraço Dutch, obrigado pelas simpáticas palavras e pela tua visita.

A todos os outros, obrigado pelo debate. O espaço continua, obviamente, aberto a discussão.

Anónimo disse...

eu tambem vi o documentario e adorei. acho sinceramente mais do que um documentario, acho que seja mais uma licao a ser aprendida por todas as pessoas. este documentario devia ser ainda mais divulgado, ja que trata sobre assuntos que dizem respeito a todos nos e nao apenas aquelas pessoas que detem o poder de um pais, ate porque essas nao tem poder algum, apenas tem o poder que nos o povo lhes damos.
a unica coisa com que nao concordo (e agora podem dizer "ja seria de esperar") e' com a abordagem a religiao. o que o autor afirma e' que o cristianismo e' a maior fraude de todos os tempos e tenta comprovar isso atraves das inumeras relacoes que faz entre as diversas entidades historicas e religiosas. o que ele propoe e' entao que se abandone a crença em qualquer tipo de religiao, porque a religiao nao e' verdadeira. ora isto e' um completo erro na minha mais sincera opiniao.
a religiao sempre foi necessaria e existe, tal como ele prova, desde os tempos mais remotos da humanidade em que esta começou a distanciar-se de si mesma e tentar compreender o mundo 'a sua volta. a religiao e' quem dita os principios morais de uma sociedade, e' na religiao e no senso de bem e mal criado por ela que uma sociedade se pode basear ou entao seria uma anarquia e uma corrupçao total a todos os niveis.
depois de tanta descoberta cientifica e da educacao cientifica que as criancas recebem desde cedo em que tudo o que existe pode ser provado, e se nao puder ser provado e' porque e' mentira, as pessoas começaram a perder a sua fe' em Deus e a afastar-se cada vez mais dele. com tanto estudo cientifico sobre o universo e todos os seus constituintes do mais pequeno atomo ate ao grande universo composto por um numero sem igual de galaxias e'-me incompreensivel como as pessoas nao pensam em como tudo e' perfeito, em como tudo se encaixa na perfeiçao e em como tudo esta interligado, mesmo que nao se conheça como se faz essa ligaçao. como pode algo tao perfeito ser obra do acaso?so poder ser obra de algo que tudo sabe e que tudo conhece, algo a que nos chamamos Deus.
Deus existe realmente, acreditem. e as proprias provas que o autor avança para provar o contrario o traem. se realmente em todas as religioes existe algo que se interliga e que e' semelhante, isso nao que dizer que a religiao seja algo falso, que deve ser de todos os modos desacreditado. pelo contrario, isso prova ainda mais a existencia de Deus e de como apenas existe um Deus, um único criador , um único arquitecto como ate os da maçonaria reconhecem (que nao tem religiao alguma). Deus e' o mesmo em toda a parte e todos os povos o sentem, apenas interpretando-o de formas diferentes, conforme a epoca em que vivem, o sitio onde estao, a cultura em que nascem.
eu sou cristao, mas nao sou catolico. nao sou protestante, nem ortodoxo, nem nada parecido. sou apenas cristao. compreendo os ensinamentos de Jesus, fico fascinado com eles e pela sua maneira de abordar e enfrentar o mundo daquela altura. assim, acredito em Deus e nao na igreja seja qual ela for, principalmente a igreja catolica, tao pervertida que sinceramente a evito.e' ela a responsavel pela falta de fe em Deus das pessoas e pela sua crescente falta de caracter e de principios, que leva ao aumento cada vez maior do crime e das perversoes (precisamente devido ao facto de nao se regerem por nenhuma religiao e estando afastados de Deus, nao tendo principios morais aos quais queiram obedecer, senao so a eles proprios). assim, o que me refiro e' que as pessoas sigam Deus, em qualquer religiao que seja, sem que contudo se deixem dominar por ela e que pensem por si próprios e nao no que os chefes religiosos querem que eles pensem.
muito mais poderia ficar aqui a escrever, mas é demasiado para ficar escrito num simples blog. espero ter conseguido fazer-me entender. qualquer comentario ao meu e' bem-vindo.
(Ah, ja que no blog eu fico anonimo, o meu nome e' Ricardo)

Bruno Bernardon disse...

A maioria das religioes são moralistas. A moral é mais um meio de controle. A integridade humana, a percepção de unidade favorecem a um processo de construção ética. Essa sim acredito ser fundamental a todos. Façam e pensem o q quiserem... Mas sejam éticos. Tudo esta dentro da lei! Sejam livres de governos, igrejas ou qquer forma de controle!

João disse...

Pessoal, acreditar em Jesus tudo bem, eu acredito em Marias, Pedros, Antonios, e por que nao em algum Jesus? deve haver vários vivos por aí. o negocio é o seguinte, vc está inserido nessa merda, desde que nasceu, não faz a mínima idéia do que se passa na sua própria vizinhança, qui sá no seu vizinho de lado. entao como refutar tais argumentos, baseados em fatos... e nao mitos como o tal jesus biblico.
Pra mim soa um tanto ilusório... que é exatamente o que "eles" querem q você pense.
IT'S JUST A RIDE, BUT A EXPENSIVE RIDE
abraços
e lembrem-se... ninguém sabe de nada...

Gustavo Gomes Narciso disse...

Olhem o que achei na rede ...

http://oi.uchicago.edu/research/pubs/catalog/oip/oip112.html

http://oi.uchicago.edu/research/pubs/catalog/oip/oip116.html

São dois livros que relatam com reproduções e comentários TODOS os hieróglifos do templo de luxor, onde está o cerne da questão referente as religiões, ou seja, o painel onde conta a história ( ou estória ) de Hórus que no filme é mostrado.
A dificuldade é que, cada, custa muito (+-300 dolares). Alguém sabe onde se acha em pdf ou outro qualquer formato para verificação em questão?
Sou do Brasil, e por aqui não há nada parecido ou exemplar disponível ...

Ergaister disse...

Hey guys... sorry, I better speak portuguese.

Estou só de passagem por este blog, mas não me meto em discussões religiosas
porque tenho coisas melhores com que passar o meu tempo, mas em finanças, aí
a coisa é diferente.

A minha percepção de "dinheiro" é provávelmente diferente da vossa.

Faz pouco tempo que eu não tinha um tostão furado e hoje estou enfiado no
mundo dos negócios globais até ao pescoço...

e devido ao facto de o capitalismo governar quase por completo (de uma forma
ou de outra) o mundo civilizado e de eu governar uma parde do mundo do
capitalismo (de uma forma ou de outra), acho que posso dizer que isso me
permite expressar de forma bastante aproximada aquilo que é realidade.

Portanto, este filme é isso mesmo... um filme, ou seja, dá enfase ao dramatismo
da história e visa dar um abanão aos valores da sociedade como todos os outros,
se olharem com atenção até são utilizadas técnicas de hipnotismo subtis (olhem
só a lentidão e o tom monotónico do narrador) para fazer com que as pessoas
absorvam os conceitos e a mensagem.

É decisão de cada pessoa escolher quais as partes que pensam serem verdadeiras
e quais as falsas.

*********************************

no entanto... isto não é uma história!

*********************************

Estou a rir-me baixinho enquanto escrevo isto, porque faz alguns anos que estou
de olho em algumas das coisas que são apresentadas durante o filme.

Olhando bem para mim, a motivação para eu me ter tornado um capitalista em
primeiro lugar foi em parte para controlar e ter debaixo de olho aqueles que
me controlam e me têm debaixo de olho, nada mais.

Mas percebam que valores á parte, removendo todas as tretas (desculpem, não me
lembrei de uma palavra melhor) e tudo o que distorce o sentido de percepção,
julgamento e tomada de decisão, bem no fundo... somos apenas humanos.

Ou seja... erros foram cometidos (graves erros), outros ainda estão a ser
cometidos (alguns não têm solução possivél), portanto acho que é de deduzir
que ainda há erros para serem cometidos no futuro.

E são estes últimos que me preocupam mais que todos os outros.

Existem problemas agendados para afectar seriamente a vida da maior parte de
todas as pessoas dentro de poucos anos.

E apesar de essas mudanças não serem necessáriamente más... eu tenho que olhar
para a natureza das coisas como elas são, ou seja...

as pessoas são fácilmente corrompiveis, e quem vai tomar decisões não são
pessoas em quem eu confie (não pelo simples facto de não confiar por intuição,
mas por olhar para o passado delas e as suas decisões).

Isto não é ficção nem uma história, tomem este aviso a sério, porque eu
pessoalmente vou ter isso em conta.

Não é minha intenção jogar com a minha vida nem com a minha fortuna que
acumulei até hoje.

No entanto seria um desilusão ver a maior parte das pessoas chegar ao fim da
sua carreira (por volta dos 65 anos) e olharem para a vida que passou por elas
e verem que foram vítimas e não têm nada que possam mostrar pelo que fizeram
na vida toda...

especialmente com todo o tipo de avisos/mensagens/pistas que vos são dados.

Bem, já chega de escrever... resumidamente, tenham atenção, porque o poder de
decidir está em cada um.

Anónimo disse...

Religião?? No inicio foi util mas agora neste ponto civilizacional limita-se a ser ridicula.

Dinheiro?? Domina o mundo e é dominado pelos judeus, logo...

Chips?? Duvido do meio, acredito no fim

Agarrem-se aos créditos agarrem... "Sou um escravo mas tenho um excelente automóvel."

Couz disse...

Vi o documentário,axei fascinante, cru acima de tudo!
e ao ler todos os voços comentarios veio-me algo a cabeça...toda esta indignaçao e revolta da parte de kem o viu...como se o objectivo do autor fosse uma "lavagem cerebral"!
n será isto mais um eskema? algo que servirá para algm "plano" futuro?
pah.... ja m acredito em tudo agr!


fika a ideia...
um abraço pa todos os zeitgeisters xD

e pa kem axar o ke eu disse um absurdo... pah...minhas dkpas...mas há k deixar tudo em aberto.

Hala

Marcos disse...

Caro Knoxville
Sabe se este filme foi liberado para exibição em cinemas e venda de DVDs?
Obrigado

roberto disse...

Olá a todos,

O filme é bem interessante. Eu acredito que "filmagem" é bem feita e relevante para a intenção dela.
Mas observem bem que o filme foi liberado na Internet gratuitamente. Nesse ato, há duas interpretações:
- o autor está tentando se expressar e ser ouvido de alguma forma, ou;
- ele está vendendo seu peixe (opinião) a todo custo.
Eu acredito que é uma mistura de ambos. Qualquer grupo de pessoas com conhecimento de tecnologias de edição pode criar uma obra destas.
A obra é interessante pelo fato de mostrar que devemos expandir nossa mente. Mas, como eu li em diversos lugares comentando sobre o filme, seu embasamento histórico é muito fraco (se apegando a especulações). Porém, a maneira como ele dispõe a informação, coloca as informações como verossímeis.
Se vocês forem no Imdb procurar pelo Zeitgeist. Voces veram uma grande discussao entre duas pessoas. Um que defende as idéias do filme e o outro que vai contra. o que defende tem suas fontes embasadas em autores de pouca ou nenhuma credibilidade. o outro, que não é cristão e que está fazendo doutorado em teologia, afirma que o filme nao tem embasamento e que bagunça tudo.

Eu agora volto a voces. A idéia de termos nossas mentes livres de pensamentos absolutistas é maravilhosa. Entretanto, o filme "vomita" informações fazendo-nos crer que eles são os donos da verdade.
Por isso que devemos sempre conhecer os dois lados da verdade, ponderá-las, e à vezes, mesclá-las.

[]'s

Anónimo disse...

Tenho duas afirmações para fazer em relação a este filme:
1- ele é genial
2- ele distorce a realidade, igual a TV que você assiste todo dia (e creio que seja de propósito)

É muito bem montado e há de se reconhecer que é um filme muito cristão (sim!) no seus objetivos: promover o debate e levantar questões essenciais para a vida de qualquer ser humano. Respeito os outros? Eu vivo do jeito que gostaria? Estou correndo atrás de quê? Estamos crescendo para onde? Sou só eu ou a nossa sociedade morre de medo de tudo: medo de ser pobre, de estar enganado, de parecer feio, de enfrentar autoridade, de ir pro inferno, de morrer???
É disso que se trata. Você precisa de igreja (do Vaticano???) para acreditar em Deus? Você precisa de um banco que lucra bilhões e te cobra taxas para trabalhar e criar honestamente sua família? Você precisa acreditar no capitalismo (deixar que o sistema se auto-regule, isto é lucrar quando tudo vai bem) mas precisa pagar 700 bilhões de impostos para salvá-lo, não há um certo paradoxo aí?
Desligue a TV. Vá pesquisar. Leia a história da humanidade. Leia a história deste século. Quantas guerras? Para que? Já ouviu falar de Hitler, de suas técnicas?
Não há conspiração nenhuma, mas há um monte de imbecis desorganizados (Bush? Chavez? Eu?) dominando o mundo porque temos medo de encará-los (o mundo e os imbecis). E porque quem tem coragem de enfrentar acaba se tornando ditador da mesma maneira (e nem percebe). Olhe para você mesmo! Seu comportamento com seus pais, seus filhos, seus colegas, seus amigos, seus vizinhos ou até com desconhecidos.
Leia (de verdade) a Declaração de Independência dos Estados Unidos (1776) e vê se isto está sendo aplicado no dia a dia. Leia sobre a revolução francesa (1789), e me diga o que aconteceu 10 anos depois? Leia sobre a revolução russa (1917), leia sobre a cubana (1959), o que se tornaram? O que aconteceu em 1964 no Brasil? E na Argentina? e no Chile? E agora, enfim somos livres. 1984 era só um livro, ainda bem! Não é? Orwell nem sabia do que estava falando em 1949. O que ele fazia mesmo? Foucault também com esse tal de panóptico. Do que se trata mesmo?

O ser humano é cheio de defeitos mas prefere jogar pedras nos outros do que se olhar no espelho. Este filme te pediu alguma coisa? Te custou alguma coisa? Mentiu para você mas foi de uma maneira tão bonita, parecia até filme de cinema.
A única mensagem deste filme é: não acredite nele, é só propaganda televisiva bem bolada, mas pesquise sobre o mundo, sobre religião, sobre governos, sobre sistemas financeiros. Tenha uma visão crítica, use a sua cabeça, saiba quem banca as informações que você vê, lê, escuta. Pare de aceitar tudo como se fosse complicado demais. Aí talvez você entenderá do que se trata. Não é conspiração deles, é inércia nossa. É acreditar que não temos controle sobre o que acontece e deixar outros conduzirem o barco.
Um grande abraço a todos vocês.

Pierre

PS: em nenhum momento se critica a Bíblia e sim sua interpretação. De onde vem a palavra 'Biblos' mesmo? Quando foi decidida a data de nascimento do Cristo? Por quem? Por que?

Blog do Escudeiro disse...

Documentário sensacional, e Zeitgeist Addeddum está melhor ainda! E sobre a parte que decorre a respeito de Jesus, em nenhum momento vejo eles afirmando que Jesus não existiu, o que eles explicitam é a forma divina com que Jesus é tratado por todos, sendo que na verdade ele foi como um de nós, de carne e osso, porém com uma alma e coração os quais ainda estamos muito longe de alcançamos. Mas não é de se negar que no mínimo, no mínimo, Jesus foi um Profeta, e isso Zeitgeist ao meu ver, não fala nada a respeito.

Quim Zé das Couves de Bruxelas disse...

Holla a todos!

Em primeiro lugar gostaria de chamar a atenção ao que, na minha opinião, é uma confusão entre Igreja e Religião!

A religião é a união do individuo com Deus. Reparem, individuo com Deus e não individuo com Deus através de uma instituição.

Depois, é importante não esquecer que a religião é que nos transmite os valores que mesmo os ateus defendem (ou será que defendem valores como os que nos estão a levar a este caos?).

Mas claro, nós, seres humanos, fazemos asneira ou não fazemos nada quando os outros estão a fazer asneira e culpamos Deus. A culpa nunca é nossa pois não? Somos covardes. Deus é que tem culpa. Nós fazemos a merda e ele que limpe. E que tal sermos nós a limpar? Humm? Que dizem? Eu vejo Deus como justiça e, neste caso, Justiça não é condenar ao inferno porque fez asneiras como os católicos e outros proclamam. É antes pagar pelos nossos erros. Mas pronto, já estamos a entrar por outros campos ;p

O argumento é sempre o mesmo: porque Deus deixa que isto aconteça. Vocês criticam a religião e Deus e o Vaticano, mas o vosso pensamento está centrado no que eles dizem. Senão reparem. Quais os vossos critérios para dizer que Deus não existe? Porque a Igreja diz que ele é frito e assado e cozido. Vocês dizem para pensarmos pela nossa cabeça. Façam o mesmo. Ignorem a definição dos mentirosos da Igreja Católica e definam Deus à vossa maneira. E depois decidam-se por uma religião ou pela vossa ligação espiritual com Deus, mano-a-mano... ou pelo dinheiro ou por o que quer que seja.

A título de curiosidade, vi recentemente um documentário em que os cientistas quanto mais estudam o Universo mais se convencem que houve um Criador por detrás de tudo tal a exactidão das coisas.

Mas o ser humano é tão estúpido que vai arranjar outra teoria para contradizer a existência de Deus.

Vocês dizem que a religião torna-nos escravos. E a falta da nossa ligação com Deus torna-nos em quê? Seres livres? Claro que sim. Seres livres que podem fazer o que lhes apetece pois não tem que prestar contas a ninguém.

Bem, nem comentar o resto (que não admitindo ser real ou teoria da conspiração) tem o seu quê de verdade...

Religião... há tema mais interessante? ;p

Abraços e "façam o bem que fazer o bem faz bem" e é isso que Deus quer. Provem que são capazes.

Rafael disse...

Enquanto isso...

Em meio a atual crise de crétido,o JP Morgan comprou dois grandes bancos americanos a preço de saldo(com financeamento do Fed, é claro).

Ótimo filme,
Um belo blog blog.

Abraços

Juliano A. Monte-Mor disse...

Este filme também me deixou muito impressionado. Assim, gostaria de tecer alguns comentários.

Sou cristão e gostaria de argumentar alguns elementos da primeira parte do filme.

Respeito todas as religiões e sei que existe mais coisas entre o céu e a terra que o homem possa compreender.

A mensagem do autor é muito válida. Pessoas têm usado religião para manipular outras nos dias atuais, principalmente para obter vantagens financeiras. Isso já aconteceu outras vezes na história sob outras formas (venda de indugências, fogueiras...). A própria igreja reconhece o erro daquelas pessoas e não podemos desmerecê-la por isto. Não podemos acusar todos devido ao erro de alguns. Não generalize! Temos vários outros exemplos positivos que mostram o valor da religião no mundo. Não é porque um árabe se explode, matando várias pessoas, que podemos condenar o islamismo. Fanáticos existem em tudo (futebol, religião, política..).

Quanto ao argumento que o cristianismo não passa de uma cópia da religião dos egípcios, o autor apresenta somente argumentos a favor de sua hipótese. Ele não apresentam fatos relevantes:

1) Cristianismo é uma religião monoteísta e não politeísta como os egípsios.

2) O povo judeu (patriarcas das religiões judaica e cristã) foram escravos no egito por um período longo de tempo. A bíblia é clara ao afirmar que os judeus sairam pagãos do Egito. Eles seguiam a religião de seus opressores. Isso justifica a influência na religião cristã.

O que me chama a atenção é a semelhança entre as religiões. É incrível como a mensagem transmitida se assemelha nas religiões apresentadas.

É muito egoísmo de uma pessoa achar que Deus é exclusivo para os adeptos de uma religião, doutrina, seita, etc. Jesus msm disse que muitos judeus (considerados o povo escolhido) não entrarão no reino de Deus. Os judeus mesmo consideravam que somente eles seriam os escolhidos. Jesus mesmo disse que o reino foi feito para todos (judeus, gentios), mas a porta é estreita, somente vai entrar os que seguirem os mandamentos de Deus.

Para os que não acreditam em Deus ou Jesus, eu deixo ou desafio de estudarem a bíblia e seguirem o que está escrito. Você sentirá uma tranformação em sua vida e entenderá o significado da fé (certeza do que não se vê...). Por mais que a bíblia tenha sido alterada e manipulada, a essência da mensagem de Deus continua nela.

Quantos aos que não acreditam em Deus, que não entendem ou aceitam porque Deus deixou o mundo chegar a este ponto, digo-lhes que na bíblia encotrarás a resposta para isso. Na verdade meus caros, o homem que se afastou de Deus, e não o contrário. A bíblia é bem ordenada em termos cronológicos, e você percebe que, no início dos tempos, Deus (ou seu Espírito Santo) vinha a terra e interagia com as pessoas (adão, abraão, moisés são alguns exemplos). Mas em certo ponto da nossa história (acho que no livro de Juízes ou Reis I), os homens começam a exigir que tenham um rei na terra para os governar (maldita hora neh, hehehe, hoje temos esses políticos ae... :-P). A história é longa...

Mas vamos analisar alguns fatos interessantes levantados no filme.

Ele aponta que a transição da era do touro (representada pelo deus do bezerro de ouro) para a era de carneiro é marcada pelo nascimento (ou missão) de moisés, visto como libertador do povo judeu da escravidão do Egito (o próprio autor mostra as semelhanças entre Moises e Jesus). O mais interessante nisso é que a era de carneiro é marcada na religião judaica pelo sacrifício de um carneiro sem falhas como forma de perdir perdão pelo pecado do povo.

Este foi um ensinamento de Deus sobre o seu plano para o homem. Jesus é o carneiro sem falhas que foi morto para pagar pelo pecado de todo aquele que crê, reconhecer seus erros e pedir perdão. Somente um sacerdote podia fazer isso. A discussão neste sentido é longa e não é meu objetivo aqui.

A transição entre a era de carneiro e a era de peixes é marcada pelo nascimento de Jesus. Como o autor msm apontou, Jesus chamou pescadores para serem seus dicípulos, mutiplicou os peixes... Mas o mais importante foi a mensagem deixada por ele para esta era de peixes em que vivemos. Vinde e vos farei pescadores de homens... Esta era é marcada pela divulgação do evangelho por todo o mundo, é a era das missões... É a era de anunciar a boa nova...

O autor pega um versículo para falar da era de Aquarius de forma isolada do restande do texto. Realmente Jesus fala de alguém segurando um cântaro na entrada da cidade... Mas não concordo com sua interpretação fora do restante do contexto do texto...

O que me chamou a atenção foi a transição das eras serem marcadas pelo nascimento de Moisés e Jesus... Não ficarei surpreso se a transição de peixes para aquarius também marque um nascimento importante... será que é chegada a hora do reino do anticristo??? Infelizmente não é tão simples: existem mais coisas entre o céu e a terra que podemos compreender. Espero que entendam o significado de céu e terra que digo.

É impressionante as semelhanças que também existem nas religiões com relação ao fim dos tempos.

O que o autor argumenta na terceira parte não é fato novo. Somente acho engraçado ele criticar o cristianismo mas utilizar fatos fundamentados no no livro de apocalipse.

Aconselho a quem quiser conhecer um pouco que leia, principalmente, os livros de Daniel e Apocalipse. Também veja as palavras de Jesus nos evangelhos. Tudo isso que o autor tenta defender já está escrito na bíblia. A diferença que ele está mostrando fatos que mostram como estamos cada vez mais perto do fim dos tempos. Se são realmente estas pessoas que ele cita e se estes fatos são realmente verdadeiros eu não sei. Penso apenas que a humanidade está cada vez mais se afastando da sua natureza divina. Mas como já disse e volto a repetir', isso tudo está escrito lá.

Várias pessoas já tentaram associar fatos históricos com o apocalipse (a idéia do filme não é nova). Newton mesmo foi uma dessas pessoas... Infelizmente, foge da nossa compreensão. Aguardo o dia da minha única morte para entender o que realmente entender tudo isso.
O autor afirma que o RFID será o número da besta. Já tentaram fazer essa associação com outras coisas. Ele encontra apoio em algumas pessoas que pensam que a tecnologia (ou a internet) pode ser a besta. Do jeito que as coisas andam é possível que ele esteja certo.

Eu tive contato com essa hipótese em 1998 durante uma navegação na net. Achei interessante que o autor relaciona as feridas que o material desses chips pode causar na pele das pessoas com as úlceras que a bíblia cita que surgiram nos que tinham o seu número na testa ou mão.

Vou ficando por aqui senão vou longe! Essa é apenas minha opinião. Não sou o dono da verdade! Acho que o mais importante é respeitarmos uns aos outros (2o mandamento cristão: amarás a seu próximo como a ti msm.. até o que n compartilha das mesmas idéias que vc... heheh...)

Juliano A. Monte-Mor disse...

Destaco as frases do autor que expressam seus argumentos a respeito de religião e que alguns não entenderam:

"Não sei o deus é, mas sei o que ele não é!"

(Ele não é como muitos pregam! Abre o seu olho! heheh)

"O homem se afastou da sua natureza divina!"

(Pare e pense sobre quais valores são importantes para você: materiais, sentimentais, espirituais...)

A primeira parte do filme deve ser vista como a opinião do autor! Mas sua mensagem é válida!

Como diria Sócrates: Só sei que nada sei!

Saber isso já é um bom sinal!

Juliano Al. Monte-Mor disse...

Não resisti e voltei pra completar minhas observações.

A boa nova é que não precisamos mais sacrificar um carneiro como expiação pelos nossos pecados, pois a figura do carneiro já foi sacrificada numa cruz. Naquele momento o véu se rompeu, permitindo livre acesso ao Pai. Não precisamos mais depender de um sacerdote para nos comunicarmos com Deus. Qualquer um, a qualquer momento, pode conversar diretamente com Deus. Mas entenda que você pode não ser digno de ter grande intimidade com Ele. Isso se consegue com o tempo e comprometimento sincero e verdadeiro.

Assim, vivemos a época da pescaria (analogia dos pescadores de homens). Alguns sites na internet mostram como o cristianismo se propagou com o passar do tempo.

Quem quiser pesquisar também encontrará muitas semelhanças entre islamismo e cristianismo, principalmente, em seus origens e perceberá que a disputa do oriente remota desde a época do Gênesis. É interessante notar qndo Deus amaldiçoa um povo dizendo que ele seria vizinho de seus parentes e viveria em guerra com eles. A disputa por aquela terra é antiga e envolve laços de sangue em muitas gerações anteriores!

Não sou especialista em teologia, mas gosto de pesquisar alguns assuntos relacionados. Ainda não entendi como pessoas negam a existência de Deus. Acho que elas não buscam um sentido para a vida delas na terra. Muitos nem se perguntam por que estão aqui!? Qual o sentido da vida!? Qual sua missão na terra!? Ou como mostra o filme, eles estão tão ocupados com outras coisas que não se preocupam com isso?

Outro conselho que dou para os cristão que vão assitir o filme, e que já foi apontado em comentários anteriores, refere-se ao fato de não existir registro exato do nascimento de Jesus. A escolha da data de nascimento e alguns elementos da história foram definidos simbolicamente pela igreja católica. Como mostra o filme, eles se basearam em outras religiões.

Essa é a minha opinião! Procure cada um a sua resposta para as minhas indagações!

Ao invés de perdermos tempo discutindo quem está certo (ou qual religião ou filosofia de vida ou pensamento está correto), nós podemos discutir o que não está sendo seguido. Guerras, fome, violência.... tudo isso é resultado de não seguirmos o que muitas vezes defendemos!!!

Anónimo disse...

Desmontar as premissas que sustentam o nosso conhecimento é sempre assustador. É claro que, independentemente da sua veracidade, tal consiste uma forte ameaça ao sistema religioso e intelectual estabelecido e como podemos ver nalguns comentários, a reacção é impiedosa de imediato tenta ridicularizar. O problema é que nunca desmontam os factos apresentados por muito instruídas que sejam as análises...

Jose disse...

É uma pena que tenha tanta gente criticando um filme tão revelador como esse, simplesmente que o deus tão adorado dessa gente carente é o nosso Sol.
As segundas e terceiras partes sem dúvida são muito informativas, com fatos que a mídia comprada JAMAIS irá dizer.

Juliano de Almeida Monte-Mor disse...

ontem eu assisti o segundo filme - Zeitgeist Addendum. o primeiro achei muito interessante, bem elaborado. O segundo foi de interessante a ridículo! Agora fica mais claro, pelo menos pra mim, qual o objetivo da pregação anti-cristianismo-americano.

No orkut existe uma comunidade chamada História do Cristianismo, onde ocorre uma discussão com boas referências sobre a primeira parte do primeiro filme.

Somente gostaria de ressaltar que
não podemos afirmar que Cristo não existiu apenas porque alguns o usaram para criar um império mundial. Isto é inverter a ordem das coisas! Não podemos simplesmente ignorar o que aconteceu antes disso!!!

Eu não fiquei tão assustado com tudo isso porque sempre soube que 25 de dezembro nunca foi o nascimento de Cristo, assim como o papai noel nunca existiu (me desculpem crianças, :-P). É interessante apenas notar que a igreja usou essa data para fazer os pagãos aceitarem a imagem deturpada de Cristo que eles queriam passar para oprimir o povo (A IGREJA SABIA EXATAMENTE O QUE ESTAVA FAZENDO QUANDO INSERIU ESTES SÍMBOLOS PAGÃOS NO CRISTIANISMO).

já se passaram cerca de 2008 anos e até hoje não foi encontrada prova que Crito não existiu... se não acredita nisso, vá para Israel tentar encontrar a sua prova! :-P. Ou então pesquise o trabalho de outros, mas veja sempre as críticas também...

a segunda e terceira partes do primeiro filme são bastantes instrutivas. muito bem feitas!

Vamos ao segundo filme... Também muito bem produzido!

A primeira parte é muito instrutiva sobre o sistema monetarista. complementa as partes 2 e 3 do primeiro...

novamente ataca diretamente os estados unidos e o seu cristianismo. COMO SE CRISTO FOSSE O CULPADO PELOS ERRROS DOS ESTADOS UNIDOS!

Volto a afirmar que a mensagem não é nova! Mas não nego que é fonte de aprendizado. Não se surpreenda por se sentir tão enganado! Este projeto (seita) quer apenas chocá-los. Se você procurar pessoas do meio financeiro, vão te falar que já sabiam como funcionava o sistema faz tempo. Uma boa pesquisa também esclarece! As informações já estão disponíveis faz tempo...

Agora pode ficar mais claro pra alguns entender porque o banco central brasileiro estão soltando dinheiro na praça pra segurar o preço do dólar... se subir muito nossas riquezas se desvalorizam e eles vêm aqui e compram tudo!

O que se tornou ridículo foi a utópia denominada Projeto Vênus! hehehehe vamos todos morar em vênux!!! kkkkkkk

Você parou para pensar quem irá controlar esta nova forma de se estabelecer um império mundial?! Para que isso funcione deve existir um controle superior... pensem nisso!!! Quem irá impedir que um rapaz desequilibrado invada a escola da ex-namorada e provoque todo esse desconforto?! Me respondam como esse sistema vai ser garantido? De repente a conclusão mais simples é matar os que não se encaixarem nessa utopia que é buscada desde o princípio dos tempos! Isso já usado quando o Império Romano usou a igreja para mandar os inimigos pra fogueira!!! Lógica que agora não podem fazer isso tão discarado! O ser humano não é tão ignorante quanto na época!

Agora a pregação é outra: esqueçam este tal de Jesus que não conheço e adorem um outro deus - começamos no antropocentrismo (homem centro do universo), passamos pelo geocentrismo (terra centro do universo), heliocentrimo (sol centro do universo), teocentrismo (Deus centro do universo) e o filme te encoraja a voltar para o antropocentrismo...

você é o cara! pra que Deus!? deus está em você mesmo! você é deus! (isso parece papo de anjo caído! olhem em gênesis o que a serpente - figura representando o diabo - fala para convencer adão e eva de desobedecerem a Deus). A mensagem não é nova meus caros!

O projeto vênus quer te fazer acreditar que você é um deus na terra e que viverá como um tal se seguir a outro deus - a tecnologia! Esqueçam de tudo que ensinaram pra vocês pois é mentira! Mas preservem a internet e a tecnologia que vai acabar com a fome e a miséria! É uma cópia do paraíso do cristianismo, mas não acreditem neles, Cristo foi inventado por roma e não por Deus! Mas acreditem na tecnologia porque ela foi inventada por nos deuses homens! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Seus problemas se acabaram-se (heheh): a tecnologia irá resolver todos os problemas do homem!!! O cenário atual de desenvolvimento tecnológico me faz recordar a torre de babel!!!

Daqui a pouco vão querer que eu acredite que foram eles também que inventaram a terra! Ou Vênus! hehehe!

TE AFIRMO COM TODAS AS LETRAS QUE SE O CRISTIANISMO ORIGINAL FOSSE SEGUIDO PELA HUMANIDADE ESTARÍAMOS VIVENDO UM PARAÍSO NA TERRA!!! NÃO PRECISAMOS DE UM PROJETO VÊNUS!

Não apenas o cristianismo, se as outras religiões também fossem seguidas sem fanatismos, interpretações isoladas e equivocadas, o paraíso seria mais real para todos! Mas infelizmente, a natureza do homem é complexa... muitas vezes negativa! Egoísmo, ganância, inveja, ódio.... como o Projeto Vênus irá resolver isso?!

Quem pesquisar sobre as tentativas de se se implantar sistemas alternativos ao atual, como socialismo, fascismo... ou filosofias como a república de Platão... entenderá melhor as falacias desses sistemas...

não estou aqui para defender os estados unidos.. também não sou fã das suas politicas... mas penso que eles fazem parte de um plano maior...

já que gostaram dessa teoria da conspiracao, sugiro que vejam argumentos que mostram qual o objetivo deste ataque ao imperio americano e também a situação do Brasil neste cenário:

http://www.imortaisguerreiros.com/artigosrebeccasantoro.htm#255844686

http://www.imortaisguerreiros.com/artigosrebeccasantoro.htm#254568569

Não conheço ninguém ligado a este site e não sei qual religião seguem ou defendem! Ele me foi apresentado após uma conversa sobre o Zeitgeist. Veja que os links não falam nada sobre o filme, mas explicam quais os motivos para a criação dele. É o filme mais assistido no google vídeos!

NÃO PODEMOS NEGAR QUE O BRASIL É ALVO DOS MAIS PODEROSOS NO CENÁRIO MUNDIAL ATUAL!!!

Não estamos preparados para nos um ataque. Fomos alvos fáceis! O autor mesmo ressalta a importância das nossas riquezas naturais neste cenário! Imaginem o Projeto Vênus dizendo que temos que compartilhar todo o petróleo do pré-sal (como alguns já querem) com outros países desenvolvidos que já nos exploraram durante muitos e muitos anos! É meio revoltante né! Faz parte de um sistem alternativo ao monetarista! O engraçado é que somente pensaram nisso agora que as riquezas deles já foram exploradas! Mas não se preocupe, porque irão nos oferecer a velha e boa tecnologia (me lembro dos índios trocando ouro por pentes, espelhos!) Boa piada!!! Somente não podemos acreditar neste discurso!

O mais interessante do texto nestes links é o enfoque na volta no bloco europeu no controle do mundo... quem é cristão e estuda apocalipse vai entender que representa a volta do império romano para que se cumpram as profecias de Daniel (muitos anos antes de Cristo, pra quem não sabe). Quem gostaria de conhecer um pouco mais sobre essas profecias podem dar uma olhada em:

http://www.lagoinha.com/engine.php?pag=art&secpai=12&sec=14&cat=126&art=996

ou procurar estudos mais formais sobre essas passagens...

Salomão já dizia: bens, poder, fama, inteligência... tudo isso é vaidade e correr atrás do vento! Não foi o capitalismo que criou esses desejos!!!

Cada um tire a suas próprias conclusões! Somente peço que reflitam e busquem pela verdade, pois se conhecerem a verdade esta vós libertará!

Que Deus nos abençoe e tenha muita misericórdia de todos nós!!!

Juliano de Almeida Monte-Mor disse...

Inserindo símbolos pagãos no cristianismo o império romano teve mais facilidade de impor a imagem de Cristo que pretendiam explorar....

outra questão muito discutida sempre foi a relação entre Alah e Deus. Muitos acham que são o mesmo Deus, outros não, veja por exemplo:

http://liberacao.wordpress.com/2007/05/23/diferencas-metafisicas-entre-deus-e-allah/

As principais diferenças se devem ao islamisno não considerar a trindade defendida pelo cristianismo... Discussões religiosas não acabam neh! É uma necessidade da própria natureza do homem buscar respostas...

Voltando ao assunto do mundo materialista em que vivemos, um amigo já comentava comigo, em 1999, que no Brasil algumas formas de manipulação da população são:

- loteria - o sonho da riqueza fácil (paixão dos políticos corrputos)...

- carnaval - uma festa onde você pode esquecer todos os seus problemas por uma semana... o negócio é aproveitar, esqueçam que da corrupção, violência... vamos aproveitar!

- futebol - se você não vence seus desafios na vida, o seu time pode fazer isso por você! Ele pode derrotar o inimigo melhor preparado - quantos placares inesperados são comparados a milagres! Temos nosssos próprios deuses brasileiros... heheh... fanatismo em todos os lugares!!

Essa questão da criação de deuses também é interessante... deus dinheiro.. deus carro... deus fama... algumas pessoas idolatram muitos bens materiais mais do que o deus que dizem seguir.... nós temos que tomar cuidado com o que damos vamor neste mundo! Busquemos o primeiro amor.... o original.. não esse enfeitado oferecido por ae...

Convido a todos a estudarem e conhecerem mais de perto a vida e obra de Cristo! Vocês podem ser surpreender! Procurem entender o plano de Deus para a humanidade através de Cristo! Verão que as outras religiões pregam coisas boas mas não apresentam um plano para a salvação individual das pessoas como apresentado no cristianismo! Deixo o desafio... Leiam toda a bíblia buscando a essência da mensagem, não se apegando as ilustrações apresentadas e as alterações da igreja! Quem tiver preguiça leia apenas os evangelhos pra conhecer a história de Cristo na terra! Irão entender que Ele reprova o que fizeram usando o nome dEle como justificativa... Eles passou por situações onde teve que conversar com os intelectuais da época.. religiosos (conheciam religião mais na teoria que prática).. esteve perante os homens da lei... na epoca n queriam provar que Ele n existia... mas queriam provar q Ele n era o messias prometido a seculos e seculos... mudou-se apenas o enfoque da perseguicao....

"Disse-lhe Jesus: Porque me viste, Tomé, creste; bem-aventurados os que não viram e creram" Jo 20:29

"E fez com que todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita ou nas suas testas; para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. " Ap 13:16 e 17

"Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras dessa profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o fim está próximo" Ap 1:3

quem acha que a igreja católica modificou toda a bíblia, busquem as profecias sobre o messia nos textos do judaismo... leiam o capitulo 53 do livro de isaias (velho testamento)

infelizmente, muitos judeus também não creram e ainda esperam o messias que virá com um exécito, cheio de poder e força para libertar eles (parece um ditador...).. na verdade veio um rei humilde, pregando a paz, o amor a Deus e ao próximo, único com atributos para guiar o mundo em paz... o texto de isaiais ja mostra o calvario preparado pra cristo...

Outra fonte que achei com artigos interessantes sobre o fim dos tempos:
http://www.avoltadecristo.com

Fico por aqui senão vou longe!
Me perdoem pelos inúmeros erros de português pois não revisei os textos antes de submetê-los....

Luiz Henrique disse...

Para quem quiser conhecer um pouco mais sobre o dano causado pelos EUA ao resto do mundo, recomendo a leitura de:

LEGADO DE CINZAS, UMA HISTÓRA DA CIA, do vencedor do Pulitzer - Tim Weiner. O livro é baseado somente em registros oficiais, sem especulações. Está tudo lá - derrubada de governos, assassinato de líderes políticos, etc, etc.

E para quem quiser saber como o fundamentalismo cristão está no controle, recomendo a leitura de:
BLACKWATER, de Jeremy Scahill.

Luiz Henrique

André disse...

Bem vi omfilme e li todos os comentários, e gostaria também de fazer o meu.
Parece-me que a grande polêmica não é o fato de que todos nós vivemos escarvizados e sim saber se Jesus é o não O Mestre dos Mestres, Deus ou O Governador espiritual do Planeta, pois o Presidente seria Deus. O que acho interessante no filme é que ele levantou questões sobre instituições sólidas que hoje nos governam aqui no planeta Terra, sem questionar das leis regem a vida como um todo, as galáxias, marés e a vida microbiana e também a espiritual, fora da matéria. Como se elas se excluíssem ou que pudessem sera tratadas em partes. Uma Verdadeira Revolução se faz de dentro para fora. Não é questionando as instituições que iremos mudar o mundo, mas sim quando olharmos para dentro de nós mesmos e buscarmos eliminas todas as mazelas de nossas almas. Pois a mesma lei que permitiu que esse Império, que hoje estamos aqui questionando, se tornasse esse Império tirano, e explorador, sugador de sangue inocente! Será a mesma lei imutável que poderá contruir um Mundo Moderno, sem misérias, em perfeita harmonia com a Natureza e com o Cosmo Infinito. O que precisamos é entender como essas Leis funcionam, e não as engrenagens da Corrupção, entender a alma humana e suas complexidades pois é apartir desse Universo interior que poderemos melhorar o Universo exterior. Sou a favor de todas as formas que visem a melhora da Humanaidade mas acho um desperdício de energia a utilizarmos dessa maneira sem levar em consideração a parte mais importante do sistema- a relação do homem com o Deus, ou seja a relação entre Criatura e Criador. Se desprezarmos esse pequeno detalhe estaremos fadados ao fracasso em tudo que fizermos. Bem, essa é minha opinião. Parabéns pela iniciativa de todos vocês de quererem acordar para todas essas questões!!!!

quem se identificou com minhas idéias e queiserem entrar em contato comigo pra podermos conversar mais meu msn é: dederusso1@hotmail.com

GAlex disse...

Assisti o filme e achei muito interessante, até porque ainda não tive tempo de estudar a fundo as minhas convicções teológicas e anti-religiosas, e acredito que não terei disposição ainda por um bom tempo para isso. Quanto às convicções econômicas, de guerras, norte-americanas, de mídia, dólar, poder único, etc... ufaa... esse Peter Joseph realmente é corajoso em encarar todos esses temas nessas duas longas horas, mas acredito que de fato existem muitas coisas pensadas, ditas e feitas de uma forma incrível e criativa pelo homem (poderosos ou não). Não duvido do que um americano (ou humano) seja capaz de fazer, ainda mais por dinheiro e poder... mas eles já não são o centro do universo... lá vem a China!! Se Jesus existiu, se Moisés é uma cópia, se Buda é uma viajem! Acho presunção acreditar ou desacreditar sem nenhuma pesquisa séria sobre o assunto, não quero me impressionar pela primeira ou segunda opinião, não vi nem pesquisei nenhum documento antigo. Mas não preciso ir à Bíblia para assistir atos de caridade e amor ao próximo, nem ligar a TV prá ver crueldade, fome e miséria... contudo, apesar de não seguir religião alguma, acho-a importante em vários aspectos, principalmente nos valores morais, éticos e de respeito e consideração ao próximo.. não precisamos ser religioso para reconhecê-los como uma distinção de nobreza de espírito. Heráclito, Platão, Aristóteles, Cristo, Hegel, Descartes, Hobbes, Maquiavel, Comte, Lutero, Shakespeare, Kant, Schopenhauer, Nietzsche, Marx, Freud... enfim, ateu ou não, cada filósofo ou pensador contribuiu com seus pensamentos à humanidade, e esta se apodera de seus conceitos de forma geralmente deturpadas. Da mesma forma temos a tecnologia sempre rompendo barreiras, gerando revoluções, desenvolvimento, como também destruição e pobreza... Leonardo Da Vinci e Michelangelo são exemplos de personalidades que desacreditavam na Igreja, sua corrupção, exploração, poder... contudo, usavam da arte para transmitir sua crítica à massa inculta, através das catedrais renascentistas. Newton, Copérnico, Kepler, Galileu, Darwin, Einstein... personalidades ímpar à qual a humanidade deve muito, tbm tiveram fundamental importância na constituição de nossa sociedade atual. Os temas apresentados em Zeitgeist são complexos e merecem maior cuidado na análise de sua veracidade, mas é importante se instaurar a dúvida e a discussão. O fato é que a religião sempre existiu, existe e existirá.. Pois o homem, dentro de suas limitações intelectuais, morais ou éticas, necessita de um amparo, de uma Lei maior que não possa burlar, ou de uma resposta à um problema sem solução, uma saída milagrosa para uma doença. Quanto à Deus, na minha visão, não temos nem noção do que seja o nível de complexidade cósmica de criação das coisas do universo infinito... ainda estamos procurando água (ou vida) em outro planeta! Como então definir ou não a existência divina? Assim, falsos profetas se confundem à espíritos nobres, muitos são idolatrados e confundidos como Cristos, mesmo sendo corruptos, fracos ou indignos (lembrem-se de Dom Pedro, Tiradentes, Padre Cícero ou Edir Macedo... hehehe!). Não será a tecnologia o ideário ou respostas às vicissitudes humanas, não sabemos se a mesma tecnologia transformará o planeta em uma grande Dinamarca... ou numa imensa China... ou num Inferno de Dante... ou em um deserto do Saara! Mas se for, segundo Darwin, é tudo um processo natural. Se fossemos perfeitos não necessitaríamos de Deus e nem de Cristo... Mas acho que nos dias de hoje existem poucas saídas científicas e tecnológicas à imbecilidade humana e cruel da autodestruição... E ainda pensar que somos racionais?!

Anónimo disse...

Documentário revelador??? hahahahahahah!! não consigo parar de rir.

Como conseguem engolir qualquer porcaria como esta?!?!?

Vou invertar algumas coisas, criar um documentário e lancar na net... tenho certeza que vou conseguir muitos seguidores. E quem sabe apareço na TV e fico rico. rss!! lamentável

Prestem atenção, e não engulam qualquer lixo.

Anónimo disse...

Caramba. Tem cara aí defendendo a existência do tal Jesus apoiado na biblia. A biblia é o livro mais mentiroso do mundo. Agora dizer que os historiadores falaram em Jesus é pidada. Não exisnte NENHUM documento autêntico (os que existem são falsificações grosseiras) emanado pelos históriadores que fale no tal Jesus. É apenas uma lenda, ou mito, como queiram. O que me deixa pasmo é que em pleno século XXI ainda existam pessoas que acreditam nessa mentira.

gnomo disse...

Nenhum livro é mentiroso, a não ser quando é lido como proposta de realidade absoluta: isto é válido também para a Bíblia.

Toda obra é ficção, e ficção não é mentira, é outra realidade, e por isso não pode ser lida pelos parâmetros que aplicamos no quotidiano.

Se tal acontecer tudo cai numa perspectiva maniqueísta de branco e preto, bom e mau, verdade e mentira.

Quando comecei a ver o Zeitgeist pensei:” O buraco é mais em baixo”.

Deu-me a sensação de estar perante denúncias destinadas ao choque gratuito e ataques sem sentido ao sistema actual.

Depois de ver o segundo, alterei um pouco a minha opinião.

Continuo a questioná-los, até porque assumidamente ambos são veículos de denuncia e propaganda, mas num contexto como o de hoje, onde as ideologias já não fazem sentido e onde se tenta que tudo quanto é acto humano adquira uma existência mercantil/utilitária (de maneira a afirmar o seu valor), acho que se pode partir para uma discussão mais profunda se nos confrontarmos com os factos concretos que os filmes apresentam.

No segundo filme, por exemplo, vários destes factos históricos me chocam, ainda que não concorde com algumas das livres-associações que os autores propõem.

Mas que em ambos os filmes há material para levantar uma boa vaga de questionamento e discussão, disso não duvido.

Estou até a tentar fazer uma tradução para português dos filmes, porque as que existem reduzem muito as obras aos actos de denunciar o que está "errado" e propagandear o que está "certo", quando na minha perspectiva os filmes (e as discussões que possibilitam) devem ir um pouco mais além.

Daí que discutir se os Zeitgeists são verdade ou mentira, ou se a Bíblia é verdade ou mentira, não importa muito, e não vai levar assim muito longe se queremos percorrer o caminho da construção e fomento de espírito crítico.

Este tipo de aproximação à obra vai mesmo travar, bloquear, e até impedir que alguma discussão realmente relevante apareça.

netun disse...

Felipe,

Usando seu argumento: " A Enciclopédia Britânica, edição XV, dedica 20000 palavras à pessoa de Jesus Cristo" Nessa enciclopédia O Saci é citado 20 vezes, A Cuca 30, O Curupira 40, A loura do Bonfim 50, Hilda Furação 60 ...

No Final do Zeitgeist estão frases religiosas muito mais bonitas e com mais sentido que as que são faladas na maioria dos lugares religiosos, por exemplo: "... a compreensnao que nnao há outro, somos todos UM..." :...Espiritualidade é saber lidar com intuições!" além de outras muitas... ISSO SIM É RELIGARE!!!

Anónimo disse...

todo mundo sabe tudo de tudo...
as pessoas deveriam refletir um pouco sobre as coisas e nao sair vomitando suas ideias pre concebidas

Bruno G.M. disse...

FANTASTICO!Excelente Documentário, eu recomendo a todos.

Peter Joseph é um gênio e merece o premio Nobel!

Quero deixar aqui meus parabens também ao Knoxville que nos informa uma pouco mais sobre essa monumental obra. Muito obrigado, pois eu já tinha visto o video, mas não sabia de quem era.

Se quiserem ver mais videos sobre conspirações e os Illumniti`s, então acessem esse link:
http://seteantigos.blogspot.com/2008/01/documentrios-que-vocs-precisam-ver.html

Abraço ao Knoxville, e sucesso!

Thiago disse...

O fracasso dos EUA no Vietnã, assim como o atoleiro em que se prendeu os EUA no Iraque, é visto por Giovanni Arrighi (ler "Adam Smith em Pequim") como importantes acontecimentos que resultam em crise da hegemonia americana. O fracasso no Vietnã, na opinião dele, foi o estopim de uma crise sinalizadora (uma crise que aponta problemas hegemônicos que podem ser resolvidos), e o (já podemos dizer) fracasso no Iraque, é, na opinião de Arrighi, o estopim de um crise terminal desta hegemonia.

Essa introdução foi importante para levantar um ponto (entre os vários que poderiam ser levantados em relação a inconsistências desse documentário, que aliás, é um ótimo documentário, mas não por ser verdadeiro ou falso, mas por, citando J nos documentários, "independente de ser 100% verídico,vale por nos sacudir e nos pôr em uma zona instável, propícia à reflexão. Sair desse estado de anestesia..") que vejo com estranheza no documentário.

E antes de levantar o ponto vou fazer uma citação (que também é feita por Arrighi).

"O capitalismo triunfa apenas quando se identifica com o Estado, quando é o Estado." Fernand Braudel

Ou seja, os EUA provocaram sua derrota no Vietnã por querer? O documentário não diz explicitamente, mas é isso que ele nos leva a crer, que os EUA queriam manter a guerra para ganhar com ela. Porém foi justamente a manutenção da guerra, as baixas crescentes, e os gastos com a guerra que faziam crescer o déficit no balanço de pagamentos que levaram os EUA a uma crise sinalizadora (além do efeito que a derrota em si provoca, de mostrar que os EUA, mesmo com todo seu gigantesco aparato militar, não é capaz de fazer com que sua vontade prevaleça através da força). Isso não parece ser muito convincente... pode ser um erro estratégico, mas isso iria requerer estrategistas muito burros, e uma nação como os EUA não é produzida por burrice, mesmo que consideremos os erros atuais da administração Bush, os EUA fizeram o que fizeram na tentativa desesperada de reaver a liderança que estavam perdendo, algo que não acontecia na época do Vietnã (a URSS nunca foi um adversário de verdade para a hegemonia americana como é a China hoje).

E mesmo que alguns pensem que um grupo de capitalistas americanos estavam interessados em ganhos, sem se importar com o resultado da guerra, sem se importar com os resultados catastróficos para os EUA em perder uma guerra para os vietcongues, eu sou obrigado a discordar. Revejam a minha citação de Braudel.

A queda dos EUA significaria, no longo prazo, a queda dos capitalistas americanos, pois Estado e capital estão intimamente ligados.

E agora companheiro?

Célio disse...

Thiago...

na realidade não não existe déficit para os manutenedores do sistema, o impacto é somente sentido e pago pelo povo. O único risco que eles correm, é o da população perceber a fraude... o resto é lucro... Lembrando que eles forçam o sistema para dar o máximo em menos tempo, despresando o passado e o futuro...

Thiago disse...

Claro que existe Célio... o déficit no balanço de pagamentos é um problema do qual os EUA não conseguem se livrar. Eles, por terem o comando do sistema monetário internacional, conseguem remediar, mas não solucionar. Eles remediam através da senhoriagem internacional, porém usar deste artifício põe em xeque o próprio controle deles sobre o sistema monetário, e perder o controle do sistema monetário internacional levariam os EUA a uma decadência rápida e inevitável.

Anónimo disse...

bom,

o filme é mto bom, principalmente o addendum, e tem alguns méritos:
1°) deixar claro q esse sistema monetarista capitalista não é mais adaptado a nossa realidade... e que precisa acabar
2°) o papel do mito como suporte da realidade... me lembra o "poder simbólico" do pierre bordieu: é esse poder que existe enquanto não é percebido como invenção, mas entendido como real.

abs

Steve disse...

Bem,

acreditar que Jesus realmente existiu, eu posso acreditar.

Mas acreditar que ele transformava agua em vinho, andava sobre a agua, fazia milagres e ainda renasceu é muita fantasia.

Na minha opinião, acredito nos fatos do tal "deus sol" e Jesus provavelmente tinha conhecimento e nada mais foi um espertão que conseguiu enganar um bocado de gente!

Anónimo disse...

Não sou místico. Mas Treze está tradicionalmente relacionado com o azar em várias culturas europeias e brasileiras, e com o fato de que as primeiras bandeiras dos Estados Unidos da América terem esse número de estrelas, Doze foi o número escolhido para a bandeira da União Européia já que não tinha conotações políticas e era um símbolo de perfeição e de algo completo. Digo isso para demonstrar que a primeira parte do filme é um tanto “leviano”, pois se nem tudo é verdade, é certo que existe muitas coincidências as quais, pois Doze é um número especial nas várias culturas e tradições europeias, tais como:
- 12 signos do Zodíaco;
- 12 horas num relógio;
- 12 meses num ano;
- 12 apóstolos;
- 12 deuses olímpicos;
- 12 tábulas da Lei Romana.
Assim, minha contribuição é no sentido de que o filme quis chamar a atenção para o presente. Nada mais, e infelizmente “desgraçar” a vida daqueles que não acreditam em nada, acabar com expectativas a curto prazo, ou em “seguranças” materiais e imateriais. Assim, também faz certo terrorismo psicológico a quem está despreparado.

mauriccioo disse...

Estar despreparado nos dias de hoje
é uma forma de terrorismo.

você tem uma bela família típica
que segue a risca todos os padrões
morais, se julga " o impecante " e julga todos os dias aqueles que não querem pegar este velho é manjado caminho.

Você não é despreparado porque quer ser despreparado.

Você é uma partícula terrorista subnutrida negativa e desoperante.

A hora vai chegar e vcs vão apelar para quê ? a Guerra ?

Anónimo disse...

cara muito interessante toda essa discussão .... que acredito eu poderia ser feita sem mesmo assistir ao filme.... pois eu não defendo nem ataco o filme...

assiste ao filme procurando aprender... como faço com todas as coisas que me são passadas desde uma aula de algum professor a uma conversa casual com algum desconhecido..

acho eu que a questão não é ficar discutindo a existência ou não de tal "personagem" a necessidade ou não de uma instituição que nos regularize...

e sim discutir o rumo a ser tomado por cada um de nós...cada um de nós temos aquela voz (a tal chamada consciência) que nos diz se estamos agindo de maneira apropriada...

outra questão interessante e como nós temos tratado a natureza (não consegui ver esta abordagem no filme)... no alto de toda nossa racionalidade é tão difícil enxergar que a natureza é a grande mãe e que temos agido como crianças rebeldes.. anjos decaídos... e estamos matando nossa mãe ??? pode ser viagem mais conseguimos nós viver sem ar... sem água.. não somos constituidos por 70% água ... vou deixar em aberto .. cada um tem sua convicção das coisas porém não podemos achar que estamos sempre certos e que quem contraria esta errado... certo... errado ... bem... mal ...

Anónimo disse...

Quanto ao filme, achei importante, pois mudei a minha visão acerca do 11 de setembro. No entanto, com relação a Jesus, o filme não é nada convincente como pretende, pois não trouxe provas contundentes do que quer fazer crer. Isso não retira o mérito do autor com relação a sua investigação do 11 de setembro, mas isso não lhe dá autoridade prá falar do critianismo. Existem inúmeras fontes acerca da existência de Jesus, fontes de historiadores da época, os quais dão prova contundente da existência de Cristo. Compartilho do mesmo entendimento de muitos expectadores de que o Autor se equivoca em alguns momentos, contudo, em nenhum momento o filme nega propriamente dito a existência de Jesus. O que ele coloca em xeque são os valores e fanatismos construídos a partir da figura de Jesus. Como a sociedade é carregada de valores, tradições e "sombras" do passado, que são representações criadas, muitas destas tradições de outras religiões pagãs foram introduzidas na mensagem do "evangelho". Por exemplo: não pegou bem a idéia sarcástica do Autor de que Deus precisa de dinheiro!! Ora, uma coisa é Deus, outra coisa são as Organizações e Igrejas. Nenhuma instituições hoje se mantém sem dinheiro num mundo capitalista. Bem, esta é a minha opinião preliminar acerca do assunto, sem cunho taxativo e sem ater a informações de bibliografia especializada. Contudo, o filme visa chamar atenção de certas pessoas e "acordarem" do sono da ignorância, porque, quanto aos demais que acompanham a "ordem vigente", bem sabe que o filme, em princípio não trouxe muita novidade, e, por outro lado, até vem ao encontro da mensagem apocalíptica da Bíblia.

Poksmuty disse...

Recebi o filme de um cliente em minha loja. O filme estava em RMVB (Real Player) e ele solicitou-me que este fosse convertido para que ele pudesse assistir em DVD.

Coloquei o filme p/tocar e fui em qualquer parte p/ver se esta rodando direito, e foi a parte em que o filme diz "não há nenhuma evidência de que um avião tenha caído no pentagono".

Achei interessante e dei uma pesquisada na Net. Achei este site com uma mini-resenha sobre o filme.

Decidi então levar o filme p/tocar na noite de natal.
Mas mudei de idéia devido ao fato de religiosos fanáticos estarem presentes e assim não correr afetar a harmonia da família.

Como a maioria dos comentadores, também acho mensagem central do é do filme válida.

"Nem tudo é o que parece ser".

Abramos nossos Olhos!

Poksmuty disse...

Não conferi a antepenúltima linha.

Nelito disse...

Isto é daquelas coisas que realmente deveriam passar na tv.
É daquelas coisas que me faz parecer e pensar que afinal sou muito estupido mesmo...

Shrine disse...

Áquilo que disse acrescento que somos mesmo uma KAMBADA de uns merdosos..todos nós.

I´m a DesigNERWiki ! disse...

é realmente triste ver a cegueira que um documentário como esse causa nas pessoas, uma luz serve tanto pra iluminar como pra cegar, e o diretor conseguiu isso sutilmente com pequenas doses, assino embaixo o que Filipe Garcia disse (3/20/2008), é um absurdo acreditar fielmente em muitas teorias que ele apresenta sobre Jesus e a Bíblia, existe 2mil anos de Cristianismo, esse filme por acaso irá sobreviver a tanto tempo? improvável, a França já tentou em um momento da história substituir completamente a fé pela razão e falhou, isso é andar pra trás, precisa ter muito mais fé para se acreditar na teoria da Evolução por exemplo, do que na teoria da Criação, ou simplesmente achar que esse filme "abriu os meus olhos", "precisamos ter uma nova revolução"... isso cai no mesmo erro que a religião impoe... uma religião do google que está divulgando sua "doutrina" nesse filme onde ninguém questiona, se for pra questionar o mundo e as teorias da conspiração que existem, ou vc estuda muito todos os pontos de vistas em fontes seguras de informação, ou desconfie muito de todos os pontos de vista.
Poderá assistir esse filme quantas vezes for necessária, e pode ter certeza que este documentário não responde as perguntas da humanidade.

Gabriel disse...

Li todos os comentários da coluna. Não podemos cair no erro de se apegar à religião, e a atitudes ainda mais pobres dentro desse mesmo âmbito como o apego neurótico a detalhes como querer que essa se legitime históricamente de forma perfeita, suprema imprecação. Esse filme me tocou profundamente e espero que tenha tocado a mais irmãos. Espero no futuro poder trabalhar com todos voces, pessoas de carne e osso, na criação das tais "Armas de Criação Massiva". Nesse ponto, querelas e neuroses não mais importarão, serão uma sombra, nos avisando dos caminhos a refutar, nos fortalecendo para criar. Abraços calorosos. Não tenham medo.Muito Obrigado.

Anónimo disse...

A uns anos atrás li uns textos de um filósofo chamado Nietzsche, ele dizia que a igreja não passava de uma mera invenção dos ricos... Naquele tempo chamaram-lhe de louco, a uns anos atrás pensei que tais afirmações eram ridiculas, no entanto hoje em dia, ele tinha toda a razão. É com dor que vejo o que o futuro nos reserva, e pior ainda é olhar para as pessoas e ver que mesmo com crises financeiras, 2 guerras já celebradas e mais a surgirem, continuam a não aceitar outras opiniões e que talvez, estejamos todos a ser vitimas da ganancia, corrupção e falta de amor próprio de alguns.

goncalomatos21@hotmail.com

Anónimo disse...

Gostaria de saber como posso baixar esse filme para o meu computador,para gravar e poder divulgá-lo.

Anónimo disse...

O documentário é bom, muito bom. Apesar de me ter trazido pouca coisa de novidade, foi bom para redefinir e aprofundar conceitos e/ou ideias, tendo em conta que não tenho forma de comprovar algumas afirmações/teorias afirmadas neste documentário. O documentário é uma chamada de atenção como ja tem sido feita inúmeras vezes no passado, Haldous Huxley fantasiou no seu livro Admirável Mundo Novo(Brave New World) um mundo debaixo de um governo totalitário, arrematando 27 anos mais tarde com o Regresso ao Admirável Mundo Novo (Brave New World Reviseted) apresentando assim um o caminho que a humanidade tinha seguido nas ultimas décadas, e que este mostrava então caminhar no sentido do mundo que fantasiara em Admirável Mundo Novo. Ora os factos eu não sei, os factos apresentados em Zeitgeist eu não tenho forma de os comprovar, mas com um pouco de bom senso e pesquisa, facilmente chegamos á conclusão que as entidades mais poderosas deste planeta têm a hipótese de avançar com planos para criar governos totalitários. Não me sinto minimamente alarmado, não vou dizer a ninguém que "precisa de ver esse documentário!!", simplesmente enquanto estivér vivo vou continuar a aprender e a consciencializar-me e da forma mais lucida possivel tomar as acções que achar necessárias para tornar o mundo um lugar melhór. Fiquem Bem

f disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

ZEITGEIST - Elaborar uma obra literária e inovadora é sempre uma tarefa difícil. No caminho da verdade está sempre aqueles que querem dificultar a sua busca. Vamos aprofundar nesta teoria e estudarmos possibilidades de sua veracidade. O que não podemos é agarrar ao primeiro assunto que nos aparece e torná-lo ponto de partida para tentar desmentir outros.
Algumas das histórias mais antigas e convicentes do mundo já foram desmentidas, mas com muito estudo. E tudo o que se "estudou" sobre religião e a existência de Deus até hoje, ainda é pouco para desmentí-la.
Desculpe a minha arrogância e inclinação para um lado, deveria ser imparcial, pois foi assim que comecei o meu comentário. Mas tenho muito mais razão para acreditar na existência de Deus que na sua falsidade.
Obrigado por lerem esta humilde explanação...

Anónimo disse...

É um documentário muito bem elaborado. Um embasamento fortíssimo. Se essas pessoas que fizeram esse "ZEITGEIST" continuarem estudando e buscando o conhecimento da forma que estão, com certeza farão grandes mudanças em nossas culturas. É tempo de viver outra coisa, uma igreja que cometeu as atrocidades que fez, não pode, nem de longe, ser uma referência para a atual sociedade!

Fred disse...

Maravilhoso! Assistam o segundo filme "Addendum", disponível no site oficial.
Para mim foi uma agradável e arrepiante surpresa ver o filósofo indiano Krishnamurti nos primeiros minutos do filme.

Abraços fraternos

Alexandre disse...

Assisti ais dois filmes. Realmente ele leva a pensarmos e repensarmos a sociedade. Mas creio que valha a pena assisitir de novo sem deixar ser levado pelo fator emocional do filme, e começar a prestar atenção em detalhes e contradições. Exemplo de detalhes "falhos" no meu ponto de vista. Na parte que fala de Jesus e leva à comparação da representação do sol. A explicação é muito interessante até o ponto que o filme tenta explicar o a cruscificação que no dia 24 de dezembro o sol depois de morrer começa a seguir em direção ao norte num movimento de 3 dias. Mas dia 25 de dezembro celebra-se o nascimento e não a morte e cruscificação. Isso pra mim é um uma grande tentativa de indução de pensamento. E a contradição que vi é que numa pregação de anti monetarismo eu ter achado no site do thevenusproject.com o seguinte trecho:

Jacque Fresco and Roxanne Meadows have been financially supporting this project through outside jobs for 35 years. We are now beginning to get donations and we deeply appreciate your contributions in this way. Unfortunately we still live in a monetary system and there is no other way we can print the books, produce our models and make our videos. We need your support; we can’t make it happen alone.


Ou seja eles estão pedindo donativos em DINHEIRO, veja bem não é recrutamento de voluntarios e sim PEDIDO DE DONATIVOS. Além da venda de livros e DVDS o pacote completo sai pela bagatela de US 138.30. Quando li o pedido de donativos e a área comercial do site fiquei EXTREMAMENTE decepcionado. O idealismo deu lugar ao capitalismo, usar idealismo com fins comerciais. Esta foi minha Impressão final após ver os dois filmes e acessar aos sites.

fscosta disse...

Zeitgeist

Realmente não há como negar que o poder de argumentação do criador de zeitgeist é fantástico.
O que ele disse no segundo filme já é de conhecimento de todos os que entendem um pouco de economia. A maneira como o dinheiro é criado e tudo o mais. Todos sabemos que o capitalismo não é um sistema perfeito, mas se prevaleceu é porque foi o melhor até agora.
Apesar de haver tanta concentração de renda, os de classe média, desfrutam uma qualidade de vida que somente os reis da antiguidade desfrutavam. E se atualmente 50% da população é miserável, séculos atrás era 80%, 90%. “Não é que as pessoas sejam más, é que fazendo o melhor que podem, o máximo que conseguiram é o que vemos aí fora” (Dr. Charuri).
O capitalismo é um sistema muito recente se compararmos com a história do mundo. E as mudanças tem sido absurdamente rápidas. A macroeconomia como existe hoje surgiu com as idéias de Keynes depois da crise de 29. Alguns já argumentam que depois desta crise atual muita coisa mudará. E eu concordo plenamente que a economia só existe porque os recursos são escassos.
Sempre há pessoas divulgando idéias e é provável que essas do zeitgeist influenciem muita gente. As idéias de Marx também influenciaram muitos e foi implantada, mas hoje, olhando para trás, sabemos que foi um fracasso. Alguns dizem que Marx compreendeu plenamente o capitalismo, mas pecou por não compreender a biologia humana, o que Adam Smith fez com extrema habilidade.
O autor não explicou que grande parte da tecnologia existente surgiu devido à guerra, inclusive a internet, pela qual ele divulga suas idéias. Sendo que se não houver mais conflitos e competição será que haverá incentivos suficientes para a criação de novas tecnologias? Um exemplo simples você vê dentro de sua classe. Quantos alunos estudam fora da época de prova? Entretanto todos se dedicam mais nessa época. Não haverá desenvolvimento de mais tecnologia se não houver pressão de algum modo (a não ser que os homens se tornem perfeitos).
Ele disse que não será necessário leis. As leis existem devido ao conflito de interesses. Mesmo dentro de casa, dois irmãos, criados sob a mesma cultura e mesmo ambiente, brigam. Quanto mais bilhões de pessoas em uma sociedade. E até mesmo a natureza é regida por leis. Não conhecemos a lei da gravidade, e todas as demais leis físicas, químicas e biológicas?
O problema não são as leis, mas são as leis criadas por homens imperfeitos, e que são desobedecidas, pois os homens são imperfeitos.
Apesar de concordar que existe no mundo recursos em abundância para a sobrevivência de toda a humanidade não podemos nos esquecer, de que como Einstein ensinou, tudo é relativo. Será que os recursos serão suficientes para satisfazer o ego dos seres humanos? Se houver alguém com um pouco a mais, não importa o quanto o homem já tenha, sempre haverá alguém enciumado, invejoso etc. (porque o homem não é perfeito).
Por isso não importa se o sistema seja comunista, capitalista, monárquico, ou mesmo projeto Vênus. Sempre haverá pessoas insatisfeitas (pois os homens não são perfeitos).
A única solução será fazer com que os homens sejam perfeitos, que a mudança ocorra no interior das pessoas. E é isso, que no fundo, eles estão pregando. No fundo eles estão querendo o que todos nós queremos e o que Cisto já ensinou há muito tempo.
Veja o que eles querem:
1 – Que as pessoas conheçam a verdade para se tornarem livres.
“Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”
Quem ensinou isso?

2 – Que tenham mais amor pelos outros e não pelo poder e pela riqueza.
“Ama teu próximo como a ti mesmo”.
“Não busqueis riquezas, que a traça e a ferrugem consomem”.
Quem ensinou isso?

3 – Que as pessoas sejam unidas.
“Sejais, pois um, assim como eu e o Pai somos um”.
Quem ensinou isso?

4 – Que as pessoas mudem primeiro a si mesmos para depois mudar os outros.
“limpa primeiro o vaso interior”.
“Pois o espírito efetuou em nós uma vigorosa mudança de modo que não temos mais disposição para praticar o mal”.
Quem ensinou isso? E quem sentiu essa mudança?

E a lista pode continuar...

Resumindo, o mundo só será perfeito quando os homens forem perfeitos e praticarem o que ensinam. Quem melhor do Cristo para praticar o que ensinou?
Mesmo com todo o poder, se sujeitou aos seus acusadores e ainda disse: ”Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem”. Jamais Cristo disse uma palavra rude e grossa, com a intenção de machucar alguém, seja quem fosse. Por isso suas idéias perpetuam, e Ele é o ser mais respeitado na Terra. Ao mesmo tempo que é o mais criticado. Mas quem O critica?

Agora vejamos como o filme foi feito:
Imagens fortes e explosivas. Sons graves e às vezes contrastando com música suave. Se perceber bem verá que há muito de técnica de hipnose, talvez porque queria fazer uma lavagem cerebral. As acusações são veementes e sérias. Usando muitas vezes de ironia e sarcasmo.

Sinceramente, depois de ver o filme qual é o sentimento que você tem? Paz? Tranqüilidade? Vontade de ajudar as pessoas? Ou ódio? Raiva pelos governantes e líderes? Desconfiança de tudo e todos?

Será que alguém que demonstra ter tanto ódio no coração realmente conseguirá criar um mundo com verdade, amor e união?
Leia as histórias de Cristo e procure identificar os sentimentos que lhe vem
Se você quiser saber se o zeitgeist trará maior benefício aos homens, ou se Cristo trará maior benefício aos homens, a resposta está dentro de você.
As religiões não são o problema. O problema são os fanáticos. Mas existem fanáticos no futebol, nos estilos musicais, em ideologias... Então iremos acabar com tudo isso? Se não houvessem fanáticos as religiões seriam apenas como associações de amigos. E a grande maioria dessas instituições não ensina os homens a serem fanáticos, mas porque eles o são?
Porque são imperfeitos.
E se homens imperfeitos, com ensinamentos bons fazem coisas erradas, o que fariam se não fossem ensinados?

Quanto ao mito de que Cristo existiu ou não, vamos aos fatos. É aceito pela grande maioria dos historiadores que Cristo viveu sobre a Terra. Realmente foi um homens que caminhou, ensinou e morreu. O que eles não afirmam é Sua divindade.
Porém não há como negar que a bíblia ficou na mão da Igreja Católica por 1500 anos, que esta é uma igreja Romana e os romanos eram pagãos, que ela praticou muita iniqüidade, como indulgências etc.
Com a reforma feita por Lutero a bíblia se tornou algo público e muitas igrejas surgiram. Mas o próprio Lutero não se considerou um profeta, e quase todas as igrejas reconhecem que foram criadas por homens (por isso são imperfeitas), com exceção de três.

E ainda que muitos governos tenham conspirado, muitas instituições religiosas tenham conspirado, muitos banqueiros tenham conspirado, quem conspirou contra milhões de pessoas em todo o mundo, que testificam que sentiram pelo poder do Espírito Santo que Cristo é o Filho de Deus?
Quem conspirou contra nós?
Apesar de estamos todos sujeitos ao mesmo governo, às mesmas leis e ao mesmo sistema monetário temos o conhecimento da verdade, que um dia nos libertará, mas não nesta vida. E assim poderemos habitar em um mundo perfeito (se antes nos esforçarmos para nos tornar perfeitos; um dia, no mundo vindouro conseguiremos), com leis perfeitas e com seres perfeitos.
Não pense que por Cristo não ter se mostrado a muitos, Ele não tenha Se mostrado a tantos outros. Todavia, ver não é o mais importante. Judas viu, Pilatos viu, tantos judeus viram, mas não sentiram. Por isso, sentir é o que importa.
Deus não Se mostra através de provas criadas pelo homem, mas através de provas criadas por Ele mesmo. A resposta está dentro de você.
se quiser saber mais, me envie um e-mail fs.costa@hotmail.com

Anónimo disse...

Faltaram algumas partes (além das três mostradas)
Parte IV
O homem nunca foi a Lua;
Parte V
A nave extra-terrestre capturada pelo exército americano;
Parte VI
O Holocausto nunca aconteceu;
Parte VII
Não existem lunáticos séticos e paranoicos.

Zeitgeist.. vão pra puta que pariu.. disse...

como que uma coisa que não existe..funcionou em minha vida..a pratica é a resposta..falar e estudar o passado é façil..a verdade vem no futuro e na pratica..

felipe disse...

"Todos sabemos que o capitalismo não é um sistema perfeito, mas se prevaleceu é porque foi o melhor até agora." Depois dessa baboseira q tu escreveu no começo do teu texto não deveria nem me dar ao trabalho de ler o resto...Tu não passa de mais uma ovelinha q prefere vomitar o conhecimento dos livros q leu, dar uma de inteligente e informado, mas continuar do jeito que está...é de gente como tu que o sistema atual precisa, alguém minimamente esclarecido q leu alguns livros e vem falar de jesus, que ele ensinou primeiro e blá blá blá...É triste ver como alguém, "esclarecido" se dá ao trabalho de escrever um texto do tamanho do teu para refutar as idéias do filme...assista ao segundo filme, e deixe de ser cordeirinho...e pára de ler um pouco...apenas pense, achas q foi inevitável estarmos como estamos hj??Continuas bitolado nas idéias de q só Jesus Salva, ele ensinou tudo antes....pelo amor de Deus, a Igreja Católica é a maior fraude, tem q ser muito burro ou muito corrupto pra não enxergar isto e ainda querer argumentar a favor dela...Tu é mais um ferramenta do sistema para q as coisas ocorram da maneira que os poderosos querem...

Diaz Bivar disse...

Excelente documentário, não só pela ótima compilação de assuntos, mas, pela abordagem humanista e pela qualidade. Muitos dos que assistiram, pelo que vejo nos comentários, se apegam a assuntos de religião, mas na minha visão ele trata mais de vasculharmos nossa consciência em busca de atitudes e de ações sócio-econômicas em prol de outros seres humanos. Não seria essa a verdadeira religião? Abraço a todos!

Amilcar disse...

O que é a Verdade? Quem é dono da verdade? Verdade é o que "há de ser verdade" ou o que realmente é verdade? O que é Bem? O que é Mal? O mundo nos é o que nossa percepção acredita ser... isso faz sentido. Daí vem as nossas naturais incertezas.
Incoerência, contradição, paradoxos, são que mais me intrigam em muitas religiões: MEDO da IRA divina(Deus é ou não é misericordioso?), segregação, intolerância com diferentes visões de mundo... eu observo, julgo em silêncio e sigo meu caminho, pois temo ser vitimado pela ignorância intolerante que ostenta conhecer a "verdadeira verdade". Verdade? Como, Qual, Por que, isso ou aquilo é verdade? Como provar a verdade? Verdade é só o que quero como verdade? (...)
Meu mundo é minha mente, sou minha consciência. O que julgo ser verdade é o que entendo como Verdade. Isso me importa.
Tudo que a humanidade precisa (ao meu ver) é de bom senso, reconhecendo a grandeza, com discernimento entre o que é (conotativamente) "divino" e o que é fantasia (ou ilusão), acreditar em sua potência natural para transformar-se (evoluindo) e transformar o seu mundo em um meio pacífico, digno, justo e promissor.

Anónimo disse...

Assisti os dois documentários e mais umas partes extras...Por ser uma filósofa por gosto, já li muitas teorias e filosofias diferents, principalmente Nietsche quando ele explica exatamente o que a instituição Igreja católica fez com a imagem de Jesus (não vem a caso se ele existiu ou não sob esta perspectiva) e a maneira como a igreja consegui atrelar sua imagem à deus (um deus cruel e paterno)e como a igreja usou o medo e o terror para isso.

Gabriel disse...

Comentei no meu blog um trecho da parte 2 desse documentário o Zeitgeist Addendum

http://tecstand.com/blog/politica/politica-vs-tecnologia/

Gostei do seu blog, bastante conteúdo.

Fioravanti disse...

Usem as técnicas de linguística e retóricas que quiserem, falem, falem falem... Para mim a religião é pura farsa e faz anos que penso assim; descobri isso quando ainda era criança, assim que fui recebendo boas informações e tendo a capacidade de chegar a uma conclusão por mim mesmo, sabia que nada disso é realmente verdade e que a religião é pura ferramenta de manipulação, assim como os mass-media (tudo a mesma laia)e todos aqueles que usam ideologias para amarrar uns desinformados na cruz!

Façam-me um favor e pensem por si próprios, muito mais fácil assim; desse jeito, ninguém poderá vos manipular!

Ler é saber; Querer é poder; Religião é merda!

Daniel Carvalho disse...

Acho que nestes comentários se consegue perceber bem como estamos tão alienados e principalmente em relação à religião.
Vi o filme à uns tempos atrás e já não me recordo de tudo o que foi dito, mas fiquei com a ideia geral e qual era a mensagem que os autores queriam passar, correcta ou não concordando ou discordando. Faz-me confusão é o debate, e desculpem, o fanatismo com que se discute a primeira parte do filme. Fui criado como voçês numa ambiente cristão e católico, como poderia ter sido criado noutro sítio qualquer com outra ou nenhuma religião "imposta", e o que me mais me incomoda é a certeza absoluta com que alguns afirmam que Deus existe, nunca conheci ninguem que me dissesse com certeza absoluta que Deus nao existe, coisa que eu penso e tenho 99% de certeza, lol, pelo contrário as pessoas que afirmam que existe um Deus são inúmeras.
Isto é como tentar dizer que o Ieti, o chupacabra, o monstro de Loch Ness não existem, não ha provas de que sejam verdadeiros, mas ao mesmo tempo não é possivel dizer que não existam. É impossivel provar ou não uma coisa que é tudo e nada ao mesmo tempo (Deus).
Só começou a existir um Deus depois de aparecer um animal inteligente como o Homem. Os dinossauros, os insectos ou os peixes não regem nem regeram a sua vida em função de Deus, limitam-se a tentar sobreviver, coisa que nós tb tentamos fazer só que um pouco mais de cerebro.
Será que Deus castigou os dinossauros por estes não o venerarem, e será que se acabar a agua toda na Terra ou esta for atingida por qq coisa gigante vinda do Universo é pq Deus se fartou dos Homens.

FORMAT WORLD dois pontos disse...

Boa noites meus amigos!
Gostava como vocês também eu partilhar o meu ponto de vista sobre tão complexo assunto!
Tenho a ideia de viver num mundo de mentalidades abertas, uma riqueza de pensamentos incrível contudo um medo atroz de um ‘’castigo divino’’ que nos consome desde os tempos mais remotos, a ideia de zeitgeist movie, zeitgeist addendum e zeitgeist (seja qualquer for o nome) terá como o único objectivo de revelar uma outra perspectiva da normalidade anormal que vivemos hoje em dia , nunca com objectivo de criar uma certeza inquestionável, a proposta do projecto Vénus também ela segue o mesmo caminho do movimento e vai mais alem do simples revelar da anomalia, como também cria uma solução baseada em recursos e no bem estar geral, do qual o chinês não trabalha para o americano que lhe paga o suficiente para comer o mês inteiro e onde quem não pensar como o LIDER lhe é premiada uma decapitação, não se tratado de um projecto destinado a ateus e anarquistas mas sim projecto no qual um religioso ou estadista não se enquadra, porque o objectivo de uma nova sociedade requer abertura de um nove pensamento não bloqueada por dogmas religiosos ou políticos!

jefbeck disse...

Bom...como o Jack estripador vamos por partes...hehe
Em relação ao documentário, como vários outros polêmicos que existem, nos faz pensar, analisar e rever conceitos, sejam eles quais for.
Na minha ignorante opinião, enquanto o que pode ser verdade ou mentira, em relação a essência de tudo da terra ao universo, não existe nenhum ser hoje e nem existiu que possa detalhar alguma explicação ou definir algo.
Então, por mais inteligentes, homens que já existiram até nossos tempos nenhum deles sabe sabe tudo, sobre tudo.
Logo, em termos de conhecimento, essa discussão a respeito de como surgimos e pra onde iremos bons ou mals após a morte ou não, não terá fim.

Agora, só existiu um homen na terra provado historicamente e cientificamente que apesar de ser humilhado, agredido e zombado...conseguiu responder a altura de forma clara, objetiva, pacifica e humilde...só Jesus.
Digo provado historicamente, pois, a referencia mais autentica sobre a vida de alguem e mais antiga é a de Jesus e do novo testamento, cerca de 50 a 100 anos DC. Não existe outra publicação ''conhecida'' mais antiga.

Agora vem a pergunta, pode ter sido essa história contada por outro homen ou não?

ENCERRO AQUI O ASSUNTO MAIS POLÊMICO.

Agora sobre o sistema monetário e o capitalismo de forma geral, pela experiencia que tenho em bolsa de valores, dentro do meu conhecimento que é pequeno ainda, manipulação todos fazem, sejam investidores, especuladores, presidentes de empresas, pedreiros, professores, alunos, pais, maes, filhos...''networking'', lembram?

Sou químico e como tal sei que é possível gerar energia através do sol (todos sentimos mais calor quando estamos de roupa preta certo? pesquisem pq?), vento, marés (energia mecânica, pesquisem pq?)
Agora o homen prefere usar petróleo pq alguem ta lucrando com isso e tem poder de barganha, mais que os inventores de energia limpa, quer isso, ponto final, quem vai discutir?
Podemos também deixar os esgotos limpinhos e deliciosos de se beber, pq não fazem isso??

Já falaram sobre isso aqui é redundancia minha, os homens pilantras ou não, são imperfeitos...

Mas, se fossem seguidos certos ensinamentos de um tal de Jesus, por que sacanear????

Agora volta a frase de cima....

É essa ''estória'' não tem fim...

Desculpe os erros ortográficos...hehe

jefbeck disse...

Não mencionei os outros assuntos, como 11/09 ou guerras pq concordo com o documentário...hehehe...

Vou assistir o refutado agora...por que acho que devemos ver os dois lados da moeda...

Abraço a todos e vamos discutir, discussão faz bem, sem violência claro!!!

Teresa Amaral disse...

Eu sou fã de documentários, mas nunca vi nenhum tão bom como este.
Gostei do primeiro, mas ainda gostei mais do 'Zeitgeist Addendum'.
Pareceu-me uma abordagem séria e quer concordemos ou não com as ideias e os argumentos a verdade é que nos faz pensar.
No site do IMDB.com fiz questão de os votar como Excelentes o que nunca fiz em relação a nenhum filme. Só é pena é que não esteja ainda muito divulgado.

joão disse...

primeiramente vocês todos são ridículos!
o mérito do filme é mostrar que as coisas não estão caminhando do jeito que deveria, ou melhor, do jeito que seria melhor para todos! se vc duvida, acredito vc é temporariamente um babaca alienado que mora numa casa inteira murada cagando de medo de ser assaltado...
o filme tem o seu mérito, não se pode ser radical e falar que é uma merda!
a grande questão da primeira parte do filme não acho q seja se existiu ou não Jesus, e sim se ele foi ou não tudo que foi dito na biblia, o que obviamente não foi!
o filme abre uma perspectiva para um novo paradigma de desenvolvimento que na atual situação econômica, politica, ambiental, enfim humana pois fomos nós que produzimos tudo isso, é muito bem vinda!
mas é isso ai, grande parte vai morrer de fome como ja acontece, vai morrer tostado de sede... opa.. isso ja acontece.. o engraçado é que acontece com a maior parte! hahahahahahaah
VIVA ao comunismo/capitalismo/consumismo/atrasismo/imbecilismo humano!

Sérgio Marques disse...

Olá a todos,

Após a leitura de alguns comentários, resta-me dizer que o filme ZEITGEST tem de ser visto com aspecto crítico. VER, DIGERIR, REFLECTIR... pois se formos "engolir" de olhos fechados tudo o que é dito no filme, resumimo-nos a manipulação. Não é agora um filme documentário que me vai fazer desacreditar na minha religião. Sou capaz de fazer esta diferença e penso que seria bom para todos nós questionarmo-nos sobre os assuntos abordados.

- é verdade isso do 11 setembro? "é pa se for, é horrivel...."

isso é basikamente akilo k penso, mas quem sou eu pa mudar isto? quem de nós vai mudar alguma coisa....ninguem

este filme serve apenas para nos instruirmos do que se passa na sociedade, mas em nenhum momento este filme deve-nos impor uma maneira de pensar!

aquilo que estou aqui a alertar, é para nao caírem no erro de acreditar cegamente sobre o k é dito... pensem, opinem... mas sem achar que devem seguir OBRIGATORIAMENTE os senhores que fizeram este filme.

cumprimentos

douglas disse...

Uma coisa é dizer que a Biblia foi mesmo escirita em sua época .. Ué OK OK OK ... Mas outra é dizer que tudo é verdade. A quantidade de riquesas e poder que a igreja movimentou após a '' Criaçao'' de jesus foi enorme.. O derramamento de sangue foi ENORME.. entao, pode parar de falar besteiras quanto ao qu eo filme quer mostrar porque faz muito sentido e SIM .

douglas disse...

O filme temintençao de mostrar que somos marionetes de um sistema criado pela ganancia, que somos marionetes e continuamos vivendo mesmo assim como se nao estivesse nada de errado . Ele apenas abre os olhos das pessoas a darem valor nas pessoas mais queridas e em voce mesmo . Porque na verdade a desgraça ja esta feita, resumindo o filme'' ja assisti uma s20 vezes '' Estamos é todos FODIDOS !

TecnoFacistaNiilista disse...

Sinceramente, quantos de nós conhece história e mitologia pra dizer que o que está apresentado no documentário é verdade? eu não entendo p. nenhuma de deuses egípcios ou indianos pra acreditar no que é apresentado lá...

Anónimo disse...

Tá vendo JovemNerd!!!

Isso é que é abordagem...Percebeu quantos comentários.

Chega das suas besteirinhas e trivialidades.

Vamos discutir temas mais aprofundados.

NerdSutil - 25 Anos - São Vicente
NerdSutil@gmail.com

Anónimo disse...

Não vi o documentário ainda, mas diante de todos esses comentários, muito antagônicos, como são todas as discussões que envolvem religião, me vejo como cristão na responsabilidade de falar algo.
Muito do que foi dito aqui ou do que é passado no documentário é, como a própria sinopse do filme fala, TEORIA DA CONSPIRAÇÃO, não foi feita pra ser engolida, pois se assim fosse quem acreditou em tudo piamente estará cometendo o mesmo erro que dizem que cometem quem acredita em Jesus. Sou cristão, mas isso não me impede de ser bastante antenado as coisas que circulam pela internet, apesar de trabalhar com tecnologia, me interessam bastante assuntos como história e religião, gosto de ver idéias diferentes e de lados opostos para aprender com o que há de melhor nelas.
Uma coisa que aprendi e gosto de usar, nunca fale de uma coisa sem conhecê-la, sem a ter vivido, ou pelo menos sem ter a certeza do que está falando.
E me sinto à vontade para dar mais uma dica para todos, todos deveriam assistir a esse filme: http://cinemacultura.blogspot.com/search?q=minha+luta esse sim trata da verdade, nua e crua, sem maquiagens ou efeitos, sem direito a contestação, são de coisas assim que devemos nos afastar e não de Deus, que através de Jesus só coisas boas nos tem a mostrar.

Anónimo disse...

Bem, como acreditar nas religiões cujos escândalos por pedofilia de seus representantes(fora outros escândalos) são tão semelhantes aos escândalos de corrupção dos políticos isso porque imagino que o que é mostrado deve corresponder a menos de 1% do que realmente deve acontecer! Como acreditar num deus que prega os 10 mandamentos mas se for ver na prática, não executa nenhum porque se executasse nossos governantes deveriam ser encaminha dos pra um lugar bem pior do que o inferno descrito na bíblia! o pior que este caos desenvolvido pela produção em massa de alimentos e logística acabou causando em pouco mais de 100 anos uma destruição nunca antes vista e o aumento de uma população de no máximo 1.000.000.000 (1bi) para os quase 7 bilhões! Fora o Flúor que é um veneno pior que o chumbo e nos é ministrado com se fosse bom para os dentes mas na realidade faz parte desta conspiração e seu uso foi descoberto pelas esperiências nazistas nos campos de concentração e é muito eficiente para manter as populações submissas aos governos e causar várias patologias que no final estes doutores que acham que sabe de tudo e vão com certeza precrever um veneno digo, remédio da farmácia que não vai resolver su problema, apenas acabar com os simtomas e provavelmente te causar mais algum efeito colateral fora o lucro que vai com certeza pra alguma multinacional!digite no Google "os males do flúor" - "os males dos adoçantes dietéticos" - "os males da Herbalife" e em suma, "os males" de tudo que você desconfiar desta sociedade moderna!

E o pior: o zeitgeist brasileiro é infinitamente pior porque no Brasil os juros praticados são um dos maiores do mundo fora todo tipo de lei sem noção criadas por parlamentares de baixíssimo nível, que só pensam e formas de saquearem a população! PENSAMENTO DO DIA - um ladrão de galinha rouba uma pessoa, a dona da galinha, um político corrupto rouba uma nação inteira! + - 180.000.000 se for no Brazil

A saida pro problema de superpopulação eu acho vão ser as famosas armas de destruição em massa mas os terroristas de verdade vão ser os próprios americanos(não aquele povo infeliz que na maioria se assemelham ao Beavis e Butthead)(fãs do Rambo)(que acham o McFuckinDonalds a melhor e mais saudável comida já iventada!) que vão jogar a culpa em uma nação infeliz qualquer que se opõe e depois vão lá pra destruir o país e darem uma de amiguinhos e com certeza essa imprensa comprada da TV vai nos passar informações bem distorcidas da realidade e tudo ficará bem ! Basta ter o QI do Lula ou do Romer Simpson

Backthief disse...

Documentário cheio de conspirações malucas. não recomendo.

- WW1, WW2, e as guerras subsequentes foram todas criadas proprocitalmente para o bem alheio? Agora vai me falar que Hitler era americano e estava ajudando os Rockfellers também?

- Tudo isso faz parte de um plano maquiavélico para que essas pessoas dominem o mundo dentro de 60 anos? Hahaha

Esse documentário não é muito diferente de um programa evangélico de domingo de manhã na TV. Colocar besteira na cabeça dos outros.

sassá! disse...

Definitivamente Sócrates é quem estava certo: "só sei que nada sei"!
Ô povo alienado, ignóbil e estupidamente crente!!
Ao invés de postarem besteiras repletas de erros grotescos de português, vcs poderiam ler, se instruir... Querem uma dica? Frequentem mais livrarias e vejam menos novelas e futebol! A consciência coletiva agradece!

Anónimo disse...

rs, sinceramente ñ sei nem oq dizer d quem ñ acredita em FATOS tão claros mostrados neste fantastico documentario...

Pedro disse...

O filme zeitgeist, sobretudo o addendum, explica as raizes da corrupção da sociedade e apresenta uma solução, muito bem fundamentada e cientifica, o projecto venus que defende o uso da ciencia para "social concern", em vez de opiniões politicas ou religiosas.

Já somos alguns, juntem-se ao nosso canal irc

Canal IRC zeitgeist PT
Servidor: thezeitgeistmovement.com
Porto: 6677
Canal: #zeitgeistmovement.pt

Para web browsers compatíveis, poderão simplesmente clicar aqui:
irc://thezeitgeistmovement.com:6677/#zeitgeistmovement.pt

(exige registo no site)
abraços

ZEITGEIST

Outsider disse...

Parei de ver quando começaram a contar a história de Hórus. Sou ateu, antes de mais nada, mas achei ridículo como criaram uma história totalmente absurda para o deus egípcio.

Pesquisem sobre mitologia egípcia a fundo, e vocês descobrirão que a história de Hórus é muito diferente. Ele não nasceu num 25 de dezembro coisa nenhuma, tampouco teve 12 discípulos. Não caminhou sobre a água, nem ressuscitou após sua morte. Não foi visitado por nenhum "rei mago" em seu nascimento, e sua mãe não era virgem. Enfim, isso só para começo de conversa.

Um documentário que já começa inventando fatos para usar como argumentos não merece meus preciosos minutos.

Sejam mais críticos antes de acreditarem em qualquer coisa só por que ela é polêmica e supostamente reveladora.

Abraços.

Paulo Leonardo disse...

Companheiro "Outsider", acho melhor vc revirar de uma forma minuciosa o que vc disse sobre a historia de Hórus, a própria “Discovery” e “National Geografic” já contou a historia e fez uma associação a vida de Jesus, sem falar em muitos livros científicos que falam semelhanças sobre os mesmos!! Não estou desmerecendo o seu comentário, mas acho que vc equivocou-se!!! Tenho certo conhecimento sobre o assunto tanto por que minha família é formada por Historiadores e um Geólogo, apenas eu me desvirtuei e virei Advogado (RS....), mas eles tbm tem certas observações sobre alguns dos deuses falados no documentário, porém muitos dos fatos relatados têm grande veracidade.
Abraço a todos!!

Anónimo disse...

Para aqueles fanáticos religiosos:

'Como fanáticos fogem dos limites de pensar, de agir e pensar. "

Anónimo disse...

Procurem no torrent e/ou emule , pelos nomes dos documentários mensionados durante o documentário Zeithgeist e assitam.
Consegui baixar e assistir praticamente todos.
Nota: Dou muito mais credibilidade aos fatos descritos nessa série feita para nos acordar para a realidade e evoluirmos mentalmente deixando de ser escravos de um sistema corrupto que prevalece poucos em detrimento do restante da população gerando miséria.
Quanto aos que acham que a teoria do caos é balela, sugiro que assistam "ilha das flores" e " a carne é fraca" , ambos nacionais.
Duvido que qualquer ser racional que assista até o final não fique com a pulga atraz da orelha.

Bero Vidal disse...

A conversa está boa, mas a fila anda

Taí o segundo filme (Addendun)
DVD completo com legendas em português

Consegui neste site
http://avaxhome.ws/video/Zeitgeist_Addendum_2008.html

Aliás, ótimo site

Só pra lembrar, este sistema financeiro vigente acentuado na época das grandes navegações é a causa do Brasil ter elevados níveis de pobreza, enquanto Portugal, à época, vivia sugando o sangue dos índios, dos negros e degradando a fauna e a flora e o minério brasileiro. Portugal e Espanha representaram por quase 400 anos a mesma coisa que os Estados Unidos representa para o mundo: Corrupção e discórdia.

A águia americana nada mais é do que uma evolução acentuada do galo português.

http://rapidshare.com/files/180982745/Addendum.part01.rar
http://rapidshare.com/files/180989405/Addendum.part02.rar
http://rapidshare.com/files/180995089/Addendum.part03.rar
http://rapidshare.com/files/181001983/Addendum.part04.rar
http://rapidshare.com/files/181006984/Addendum.part05.rar
http://rapidshare.com/files/181012860/Addendum.part06.rar
http://rapidshare.com/files/181018618/Addendum.part07.rar
http://rapidshare.com/files/181044709/Addendum.part08.rar
http://rapidshare.com/files/181050759/Addendum.part09.rar
http://rapidshare.com/files/181057386/Addendum.part10.rar
http://rapidshare.com/files/181063816/Addendum.part11.rar
http://rapidshare.com/files/181072329/Addendum.part12.rar

Anónimo disse...

não quero criticar nada mais axo q a religião foi criada para transmitir um conceito de ética e moral primeiramente mais acabou sendo corrompida pelos seus sucessores.

magiCsUNSet disse...

olá a todos... como é claro n li os comentários todos porque são imensos mas li alguns deles...alguns a favor outros nem tanto... enfim nd disso importa...eu vi o documentário e posso vos garantir que ja me informei d ambos os lados, n quis acreditar em nunca que lá se fala mas tb n quis ir contra... em primeiro temos que ver os dois lados da coisa e depois desenvolver a nossa propria opiniao... li um comentário de uma pessoa que se intitulava de pierre e fikei bastante contente... acho que temos que ver o documentário como uma forma de nos ajudar numa busca maior de conhecimento... quando o vi pela primeira vez o zeitgeist addendum n percebi muita coisa principalmente a primeira parte que se baseia muito no sistema monetário e na economia e o que eu senti necessidade de fazer foi depois procurar por tudo aquilo que não percebia (incrivel até fikei a gostar de economia) e me informar... porque é assim que o ser humano tem que ser...um verdadeiro filosofo sempre desenvolvendo o seu pensamento critico... nós somos seres humanos antes de tudo e se há coisa em que o documentário tem razão é que não deviam existir classes etárias... é revoltante para pessoas que trabalham uma vida inteira verem que nunca conseguiram juntar muito dinheiro porque o sistema monetário em que vivemos n o permite... Acho que as pessoas antes de tentarem enfrentar o mundo tem que se conhecer verdadeiramente a elas proprias... afinal é para isso que aqui estamos... viver aquilo que somos... e se temos essa opurtunidade que seja para contribuir com o bem...

Anónimo disse...

Olá companheiros corajosos....
Eu vi os dois filmes recentemente, não mudei de comportamento assim que assisti ao documentário...mas tive a noção de como estamos a ser completamente manipulados...já falei sobre movimento a quase todos os que me rodeia, as reacções são diversas..desde insinuarem que é tudo um sonho...que é impossível...que terá sempre de haver remuneração (dinheiro)...Mas o que me deixou realmente em alerta e de pensamento positivo é que de facto a mudança está nas nossas mãos...Todos queremos mudar de vida, abaixo a manipulação por toda esta rede capitalista, toda esta desnecessária política que nos quer endividar até a alma. Possivelmente não será nesta geração, pois a mudança terá de existir primeiro no interior de cada um de nós, e o comportamento humano é demasiado imprevisível para se mudar de um dia para o outro, pois neste momento só conhece o poder monetário. Mas sem duvída, não podemos negar que todos os acontecimentos apontam para uma solução que defende o Zeitgeist, o conhecimento, a ciência, a tecnologia, o bem estar, a EVOLUÇÃO da espécie humana.

Vera Gomes

Quando puderem visitem: www.dideia.com

Mayã disse...

Muito bom. Foi o melhor documentário que eu já assisti. Nota dez pela coragem, em "peitar" o sistema que foi imposto para nós. Só não enxerga quem não quer, essa é a verdadeira história. O povo gosta de contos de fadas, a realidade machuca e é sempre o lado mais complexo da história.
É interessante para os governantes e todos aqueles que tiram proveito, que a população continue mediocre e bombardeiam-nos com a velha e presente politica do pão e circo. Eu só lamento!

Anónimo disse...

zeitgeit é só uma chamada de atenção a nós e ao mundo que nos rodeia, de forma a estarmos mais atentos á "papinha" que nos colocam na mesa e que temos o hábito de comer sem questionar!

Corruptos e Coniventes disse...

Divulguei o vídeo entre meus amigos, e depois vi o documentário. Em nada, absolutamente ele abalou minha fé, simplesmente porque sempre separei Jesus da Igreja criada por Roma e seus folhetinhos. Quanto a segunda e terceira parte esta mesma fé me abastece de esperanças que a lei universal de causa e efeito age no tempo certo e cada um individualmente responderá por seus atos.Repasso aqui meu segundo email aos amigos.

Acabei de assistir, é chocante e na minha opinião um documentário que se poderia considerar como, diz o autor, factual. Já sabemos também que dê tanto se propagar uma mentira ela acaba se tornando "verdade". Controlam-nos assim.

Mas como divulguei este vídeo sinto-me na obrigação mais que moral de falar alguma coisa sobre a primeira parte. O que me interessa é que Jesus é um ser de luz, o Governador espiritual da Terra, um profeta, um homem que pregava simplesmente o amor, tudo o que ele é prá mim se resume no que prefiro crer serem suas palavras: AMA O TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO, NÃO FAÇA AOS OUTROS O QUE NÃO QUERÉIS QUE FAÇAM A TI.

Os poderosos de Roma não deram conta de calar sua voz através dos corações que ele seduziu, jogavam cristãos as feras, queimava-os nas fogueiras, perseguiam, marcavam suas casas para posterior invasão e assassinato de todos, e tinham os nobres convertidos por loucos.

Chegaram a conclusão que não iam dar conta de matar tantos "rebeldes" que se negavam a desdizer a fé que tinham no Andarilho, aliaram-se perversamente a causa, enrustidos de cristãos começarão a agir como se fossem depósitários fiéis da sua senda, introduziram dogmas, pecados, sumiram com manuscritos, criaram o inferno para manipular os sêres. De tão incompetêntes sem deixarem de serem perversos copiaram escritos antigos criando a bíblia.

O que há no documentário pode ser real, mas é criação de déspotas romanos que tomaram prá si, a igreja simples de Jesus.

Jesus sabia que iam transformar sua igreja num covil de ladrões. "A minha igreja será onde estiver dois orando em meu nome". E nos basta !!!

Não quero dormir nem um dia desta minha existência pensando que colaborei em plantar a dúvida no coração de alguém.

Abençoada seja a minha doutrina espírita que a mais de 160 anos a ciência nada conseguiu provar de contrário. Abençoado seja o HOMEM que foi sempre o Norte da minha existência e que me permite hoje mais uma vez não negá-lo. JESUS.

Paz a todos

Corruptos e Coniventes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Corruptos e Coniventes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leo Arruda disse...

Muito bom esse Documentario!!
Olha pessoal esta na hora da gente começar a pensar por si só e nao pela forma que o mundo quer que pensamos!O planeta decretou seu caos quando aceitamos o capitalismo!Hoje em dia todas coisas no mundo giram em torno de lucros e então e facil saber quem esta sendo verdadeiro ou não!O que o Autor Peter Joseph, teria a ganhar querendo que todos sejamos iguais, que o mais miseravel da Africa tenha a mesma coisa que os bancarios ricos dos EUA? me repondam? as pessoas tem que começar a pensar!o fato de dizer que sempre fomos enganado referente a religião nao muda o fato de haver um bem no mundo e que pessoas que querem igualdade a todos são muito mais santos do que os lideres de Igreja que so querem a riquesa e desiguladade!SIGAM O QUE ELES FALAM POIS E HORA DE LIBERTAMOS DESSA MATRIX E DESCOBRIR O VERDADEIRO CRISTO.abraço a todos

Anónimo disse...

NOOSA PESSOAL LENDO COMENTARIOS ACIMA VEJO QUE MUITAS PESSOAS ESTÃO SE DANDO CONTA DE VERDADE SUPREMA!QUE BOM NO MEU PEITO Á ESPERANÇA DE MUDANÇA!!VAMOS ACORDAR E DESTRUIR ESSE SISTEMA QUE NOS AFASTAM UM DOS OUTROS

Anónimo disse...

Sinto pena desta humanidade corrúpta, como vocês, mas, haverá um dia em que todos vocês confessarão o nome de cristo...
Mas,não não vou aqui dar "perolas aos porcos, eles preferem lavagem".



"Não deis aos cães as coisas SANTAS"
Mateus 7.6

Anónimo disse...

Ola, ja assisti esse filme na faculdade e realmente ele é polemico e nos poe a pensar sobre nossas atitudes quanto ao que nos cerca. Mas acho tembem que a essencia de uma nação digna é respeito pela diferença de cada um, inclusive suas crenças e forma de ver a vida. Zeitgest indicaria a todos aqueles que acha que o mundo não tem solução.

Anónimo disse...

Quando ocorreu o "ataque" ao US , estava no trabalho convensando com um amigo , quando vimos aquelas imagens - no ato pensei , como alguem pode fazer isso ,, e o porque ??? ...

Os minutos passaram , e ficamos a prestar atenção no noticiario internacional - quando as torres vieram abaixo ..
Ainda lembro do comentario que meu amigo fez - " como é possivel - não foi obra somente dos aviões - uma torre dessas tem estruturas para suportar esse estrago .. que tem um minimo de dicertimento - vai saber o que estou falando , não foi efeito dominó - isso foi uma armação muito bem planejada !!! "

Ele faleceu em 2002 - e ainda assim , sempre acreditou que aquele ato não partiu do oriente médio - " sempre dizia - "lá tem pessoas - seres humanos , não são animais como a midia que mostrar " - durante alguma parte de sua vida , trabalhou no oriente médio como engenheiro civil !!!


Abs. a todos

Anónimo disse...

Buenas Notches...

Achei os dois filmes ótimos e não acredito em 100% do que diz.( tô em 80%...)
Estive lendo os outros comentários e fiz algumas conclusões... (e perguntas ), e acho que muitos, independentemente de religião, nacionalidade, etc. irão concordar:
1 O "nosso mundo" não está nada bem do jeito que está agora(fome, miséria, guerras)
2 Hoje, está ficando difícil levar a vida de acordo com o que foi escrito por alguns gananciosos e absolutisitas há 1500 años atrás...
3 O dinheiro move o mundo
4 Se o capitalismo é o melhor sistema que a humanidade pode ter, estamos extremamente FUDIDOS!, pois:
4.1 No capitalismo os ricos ficam mais ricos e os pobres se fodem cada vez mais
4.2 O mais forte PISA no mais fraco, sem misericórdia
4.3 As instituições visam o lucro e não dão a mínima para você ou para a sua família
5 A religião, a mídia e outros meios alucinógenos estão deixando o homem mais alienado para com suas verdadeiras relações com a natureza, com a humanidade e com sigo mesmo.
6 Se quisermos perpetuar a nossa espécie de verdade temos que trabalhar todos juntos, esquecendo as diferenças para elaborarar um sistema diferente desse sistema nojento que temos hoje.
----------------------------------------------------------------------
- Não esperem que os fanáticos d'um dia pro outro aceitem as diferenças pois enquanto houver religião, dinheiro e fome pessoas assim continuaram aparecendo...
- Se Jesus(Mithra, Alá, Hórus) existiu/existe mesmo, do que adiantaria hoje? Havia fome e desgraça no tempo deles e também há fome e desgraça atualmente...
- Não pensem que seria relevante se todos seguissem os ensinamentos de um só deus, se todos os políticos fossem honestos, pois enquanto há ignorância há fome.

Então parem com essa merda de 'Fim do mundo' pois desde que os portugueses chegaram aqui, pregam essa bosta... Esqueçam estes programinhas da TV pois só serve p/ foder com sua mente. Parem de procura pornô na net e vão ler um livro...



by: C.H.

Anónimo disse...

Amigos! Li todos os comentários! O documentário é muito interessante e inteligênte, porém com idéias já sabidas por parte da população. O que eu levo de tudo isso é que há sim um Senhor soberano, possivel de ser conhecido dia após dia, e se quisermos, podemos melhorar o "nosso mundo", ou seja, começando pelo nosso lar, e assim por diante! O restante é utopia e perda de tempo! Um abraço e cuidado com posições extremistas, pois prestaremos contas pela nossa ignorância e infantil arrogância.
Daniel

HECTOR K. disse...

BOM DIA A TODOS, ACORDEM!!!!TENHO Q SER BREVE: DIVULGUEM, DIVULGUEM, DIVULGUEM, GRACIAS KNOXVILLE!!! ADOREI MUITOS COMMENTS!!!
MAY THE FORCE BE WITH YOU!!!

Rogelio Zago disse...

Bom dia
Já diz a Musica dos Titãs
“Você vai morrer e não vai pro Céu. É bom aprender, a Vida é cruel. Homem primata Capitalismo Selvagem ..."
Dai vejam o filme e tirem suas conclusões, pois a MIZERIA e a FOME sempre foram a base da Pirâmide do LUCRO, da POLITICA e das RELIGIÕES desde que o Homem inventou a RODA.
Seja FELIZ e viva BEM para que mereça quem vem depois, se o DIABO existe ele se chama DINHEIRO, dai vale tudo. A justiça é Cega, está adormecida e você é culpado até que prove o Contrario, quanto maior seu Crime Melhor o ADVOGADO. O que é mais IMPORTANTE para VOCÊ???
O dinheiro ou o AR que Respira???
Tire suas conclusões e faça sua aposta, a sorte já foi lançada há muitos anos atrás.
Que DEUS (seja ele quem for) te ILUMINE e faça de sua VIDA a melhor coisa do Mundo, pois você tem o Poder e só VOCÊ é quem sabe o que é melhor para sua VIDA.
“Maldito é o Homem que confia no Homem”
Quem foi mesmo que disse isto???
Sds:
Rogelio Zago

M. Mosqueira disse...

Há pontos em Zietgeist difíceis de não serem acolhidos seja lá qual for a religião, crença ou seja lá o nome que se queira dar.
Dogmas e pré-conceitos estabelecidos pelas religiões matam, mataram e continuarão a matar milhares e milhares de pessoas pelo mundo.
Não vejo como necessário acreditar em qualquer divindade/religião para se ser bom. A escassez de oportunidade conduz o homem a reagir de forma estúpida e, é sim, a busca pela sobrevivência que explica muitas brutalidades cometidas no mundo.
Finalmente, deixo aqui minha conclusão sobre a necessiadade do dinheiro na vida de todos nós. Concordo com o filme, ele foi feito com o intúito de submissão, exploração do homem pelo homem.
Um exemplo simples disso.
Façamos a seguinte pergunta:
Quando o homem inventou a roda ele o fez com o deseja de obter dinheiro? Ele era empregado de alguma grande corporação?
NÃO, odinheiro sequer existia muito menos empregos, ele simplismente usou os recursos naturais e a verdadeira divindade nata de cada ser humano. O PODER DE TRANSFORMAR COISAS PROPORCINANDO FACILIDADE E BEM ESTAR.
Que bom discutirmos sobre um assunto tão controverso sem que encontremos um unico e-mail com insultos ou ofensas. Quando há alto nível aprendesse com as divergências e novas opiniões são acrescentadas às opiniões de cada um. É o Homem que pode mudar o mundo para melhor. Se Deus existe, com certeza nesse momento, Ele se orgulhará dos seres que ele criou.

Roberto RS disse...

Assisti o filme e gostei muito, mas me pergunto o que faremos agora que a verdade foi posta a nós, qual será o nosso próximo passo? Qual será??

Gustavo Schaefer disse...

Ótimo livro também acerca do tema e que expande um pouco mais o assunto abordado:

http://clubedeautores.com.br/book/19605--O_Sinal_dos_Tempos

André Luiz disse...

Documentário simplesmente fantástico, sóbrio, revolucionário e instigante. O Zeitgeist adendum deu continuidade ás inquietações numa amplitudade que eu jamais esperaria. Li um comentário falando algo como "e agora"? o "e agora" vc ve no adendum, recomendo muitoooooo!!

Religião, sistema monetário, desigualdade, violência, ignorância, alienação... chega!

Anónimo disse...

o comentário é muito bom.
Quem concorda ou quem não concorda: esse video serve pra começarmos fazer nossas pesquisas individuais com relação a Religião. Que não fiquemos com a cabeça fechada e olharmos as raizes históricas, para compreender a manipulação que acontece hoje em dia.

Anónimo disse...

Uma vez li uma frase referente a essa cena de movimento Zeitgeist que era assim: "COMO DEVEMOS PENSAR" AAAAAAah agora dizem COMO devemos pensar??? E se eu pensar de maneira diferente o que é que o mundo zeigeist me faz, prende-me ou expulsa-me do planeta?? Isto a mim parece me ditatura e o que sei sobre o movimento revela que aquilo nao é mais do que outra ditatura. Movimentos há ás paletes. ás catadupas e não é o numero que vai fazer a força. Tratem mas é da vossa e vida e não se deixem enganar. Façam o melhor que puderem por voces mesmos a vida é curta. Estamos entregues a nós mesmos e ao que acreditamos, seja ciencia seja deuses. Cumprs. Alex.

RENATO disse...

SOBRE O PENSAR DO ANÔNIMO (OU RICARDO), A RELIGIÃO E(OU) DEUS QUE CADA UM TEM P/SI COMO VERDADE ABSOLUTA (ABSURDA?) NÃO RESISTE À UM "PASSEIO" DE AVIÃO, DESÇA VC, CRISTÃO, LÁ NA ÍNDIA, CHINA, JAPÃO OU ORIENTE MÉDIO E DIVULGUE O SEU DEUS (OU O FILHO, JESUS), SERÁS RIDICULARIZADO PORQUE LÁ A "FÉ" É OUTRA, O(S) DEUS É(SÃO) OUTRO(S), É OUTRA A VERDADE ABSOLUTA, A NOSSA CRENÇA É CONDICIONAL AONDE NASCEMOS E(OU) VIVEMOS NOSSA VIDA, AÍ PERGUNTO : QUAL DEUS LAVA MAIS BRANCO?

Zeitgeist disse...

meu blog muito interessante sobre politica externa
http://zeitgeist-liberdade.blogspot.com/2011/03/revolucao-interrompida.html

Anónimo disse...

Não se deixem enganar por comentarios superficiais que se atem em datas e fatos históricos para quem acompanhou esta trilogia afirmo que este não é um documentario preocupado com religião com economia, nada disso vai durar para sempre de todo o jeito ! Este é um filme para aqueles que se preocupam com nosso planeta, para aqueles que buscam uma forma de viver na terra com igualdade, justiça, oportunidade e principalmente sustentabilidade.

Caike disse...

Acabei de ver e como outros filmes, documentários e artigos, desperta a consciência real já que o tempo parece escasso e nossa alienação forçada nos impede de refletirmos e discutirmos assuntos reais em grupo. Certamente quem assiste esse material até o fim tem bagagem pra tirar suas conclusões e ser influenciado ou não.
Gostei e vou recomendá-lo ao máximo. Agora verei o II. Parabéns.

Anónimo disse...

Amigos, aprendam com Dan Brown... Teorias da Conspiração fazem mais sucesso do que uma notícia verdadeira de cotidiano. Adoradores de Zeitgeist, eu quero dizer uma coisa, entre todo esse conteúdo "libertador", há tantas lacunas que falta provar, que não podem caracterizar como um documentário nato. Quem é que se incumbiu de classificá-lo assim??? Star Wars tem tantas premissas quanto Zeitgeist se for considerar dessa maneira. Que a força esteja com vocês!!! ;)

Anónimo disse...

Parabens pelo documentário, e também pela discução, independente das verdades ou mentiras soó evoluiremos como seres a patir de discução e união.

Eu acredito que vale muito pensar mesmo que um segundo e se questionar.. e se isso for verdade.. claro põem por água abaixo toda estrutura que estamos acostumados, as fontes de informação estão ai para isso, consultem, há vários livros que falam sobre o assunto e diversos documentários também. O difícil é que se negamos o cristianismo, negamos parte da possibilidade de vida de alguma forma após a morte, se negamos o sistema de consumo também negamos o valor desses bens e sua necessidade, se negamos a necessidade de organização social também negamos nossa possição dentro dessa sociedade... por isso resistir a teoria e tentar descredita-la e mais facil do que questionar nosso papel atual no mundo que vivemos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...