sexta-feira, abril 15, 2005

Dreamcatcher



Há 20 anos atrás, quatro amigos - Jonesy, Henry, Pete e Beaver - eram ainda crianças quando, num acto de verdadeiro heroismo, ajudaram outro rapaz e adquiriram um estranho poder. E é já adultos que os quatro vão travar forças com algo horrível... que ditará o destino do mundo.

"Dreamcatcher" não é um bom filme, e muito menos, rezam as críticas, uma boa adaptação de um dos mais famosos (mas pela negativa) livros de Stephen King. É a prova que até um grande cineasta e um grande argumentista são impotentes perante um grande "mau" livro.

"O Caçador de Sonhos" começa como um filme sobre o paranormal, sobre poderes telepáticos e acaba como um filme de aliens e monstros de outros mundos! E isto torna o filme completamente incoerente. O que safa é a expectativa quanto ao seu final, que faz com que este filme nunca se torne realmente chato, apesar das enormes gaffes de argumento. É um filme "assasinado" à nascença. No final, tenta explicar algo inexplicável, o que arruinou o filme.

Morgan Freeman não esteve ao seu nível e parecia um actor de meia tigela, com aquelas sobrancelhas irritantes e diálogos incosequentes. Se juntarmos a cara deste a efeitos especiais fraquissímos e a extra-terrestres a sair pelos orifícios anais de tudo o que eram seres terrestres, temos aqui um filme que roça a estupidez.

De bom, temos apenas os momentos de suspanse e de comédia. Só isso fez com que este "Dreamcatcher" não entrasse directamente na lista dos mais odiados cá do Cinema Notebook.

.: 4/10 :.

3 comentários:

Anónimo disse...

Enjoyed a lot! »

Anónimo disse...

Best regards from NY! » » »

Anónimo disse...

I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! »

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...